As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Roubini, homem que previu a crise, dá nota de ‘7 a 8’ a Lula

Economista disse que Brasil avançou, mas falta reforma estrutural

Carla Miranda

31 de maio de 2010 | 09h28

O economista norte-americano Nouriel Roubini, conhecido como “Dr. Catástrofe” ou “Dr. Apocalipse”, disse em entrevista ao jornal Brasil Econômico que dá nota “de 7 a 8” ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Ele [Lula] foi um bom presidente do ponto de vista democrático, econômico, e do desenvolvimento da imagem brasileira no mercado internacional, embora a reforma estrutural tenha sido adiada”, disse Roubini ao jornal. “O que o Brasil ainda não fez foi uma reforma estrutural – menos burocracia, mais educação, infraestrutura e revisão da burocracia e dos impostos”, acrescentou.

O economista ganhou os apelidos por ter previsto a crise internacional. Em 2006, lembra o jornal, ele afirmou que uma crise imobiliária sem precedentes afetaria o sistema financeiro internacional.

Roubini está no Brasil para lançar o livro “A Economia das Crises” (ed. Intrínseca). Em entrevista ao Estado, ele afirmou que o País poderia crescer 7% ao ano durante uma década, se fizesse as reformas.

Leia entrevista de Roubini ao jornal Brasil Econômico

Leia entrevista do economista ao Estado

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.