finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Sarkozy diz que Cameron deveria calar a boca, relata jornal

Presidente francês pede para britânico não opinar sobre o euro

Carla Miranda

24 de outubro de 2011 | 20h10

Uma discussão entre o presidente da França, Nicolas Sarkozy, e o premiê britânico, David Cameron, reflete o clima tenso nas negociações entre os países europeus na busca de uma solução para crise da região.

Segundo o jornal “The Guardian“, Sarkozy dirigiu-se a Cameron com as seguintes palavras em reunião ontem: “Você perdeu uma boa oportunidade de calar a boca”.

O diário não informa exatamente quais as palavras de Cameron que antecederam a reação de Sarkozy. Diz apenas que o britânico insistia na ideia de que o pacote que os países da zona do euro prepara deve levar em conta o impacto sobre os que não usam a moeda única.

“Nós estamos cansados de ver você nos criticando e dizendo o que nós devemos fazer. Você diz que odeia o euro e agora quer interferir em nossas reuniões”, afirmou Sarkozy, segundo o “Guardian”.

A discussão ocorreu durante a cúpula dos 27 países da União Europeia realizada em Bruxelas no último fim de semana.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: