Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Silvio Santos quer vender Baú em 90 dias, diz vice-presidente

Executivo do grupo afirma que seu patrão pretende se desfazer de parte do Grupo

Carla Miranda

25 de maio de 2011 | 15h08

Atualizado às 16h14

O vice-presidente do Grupo Silvio Santos, Lásaro do Carmo Junior, deu uma entrevista ao portal iG na qual afirmou que o patrão está negociando a venda do Baú da Felicidade e quer fechar o negócio em um prazo entre 60 e 90 dias.

Nesta semana, o grupo já vendeu uma de suas empresas, a Braspag, por R$ 40 milhões à Cielo. Com a saída do Baú, o conglomerado espera obter uma receita de R$ 2,3 bilhões neste ano.

Ainda segundo informações publicadas no iG, o grupo tem 30 companhias e quer se desfazer de parte delas para reestruturar os negócios. Esse movimento foi motivado pelo escândalo envolvendo o banco Panamericano, que pertencia a Silvio Santos. Em fevereiro, a instituição financeira confirmou a existência de um rombo de mais de R$ 4 bilhões devido a “inconsistências contábeis”, nas palavras do Banco Central.

Leia a reportagem no iG

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: