As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Toyota dirá que falhas estão em pedal ‘pegajoso’ ou tapete

Executivo da empresa dirá que problema dos carros não é eletrônico

Carla Miranda

23 de fevereiro de 2010 | 11h58

Atualizado às 14h02

O chefe da área de vendas da Toyota, James Lentz, dirá aos membros da comissão que investiga a companhia que não há problemas eletrônicos nos aceleradores dos veículos que tiveram que passar por recall, informa o Wall Street Journal.

O DEPOIMENTO DA TOYOTA
 

Lentz acredita que os carros permaneciam acelerados porque ficavam preso no tapete ou porque o pedal era “viscoso”, diz o WSJ. No depoimento que o executivo preparou, ele pede desculpas pelo fato de a Toyota não ter respondido rapidamente aos problemas de segurança.

Já o site do jornal Financial Times destaca que Lentz vai reconhecer erros durante o depoimento. Ele dirá que a Toyota vai “pensar de modo diferente” no futuro, comunicando rapidamente os clientes e as autoridades.

Problemas em veículos da Toyota levaram a empresa fazer um recall de cerca de 8,5 milhões de veículos. Veja infográfico explicando a onda global de recalls, que atinge também outras companhias.

Leia a reportagem no site do Wall Street Journal (em inglês)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.