CDHU entrega 151 casas em São Luiz do Paraitinga

Leon Victor de Queiroz

28 de setembro de 2010 | 15h11

A população de São Luiz de Paraitinga recebeu, na última sexta-feira, 151 casas novas, construídas em concreto PVC. Os 106 sobrados com dois dormitórios e 54,86 metros quadrados, e 45 casas, com três quartos e 65,90 metros quadrados. foram resultado de uma parceria da  Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP)  Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU) e a Braskem, para atender rapidamente os moradores atingidos pelas fortes enchentes do início do ano.

O sistema construtivo Concreto-PVC é uma técnica desenvolvida pela canadense Royal do Brasil Technologies, que utiliza perfis leves de PVC encaixados por módulos, deixando um vão livre, oco, preenchido com concreto e aço estrutural. No Canadá, o sistema é conhecido como “Casa de PVC”. A escolha desse sistema para São Luiz do Paraitinga deveu-se a necessidade de rapidez na construção. 

O CDHU  investiu  R$  17,4  milhões nas moradias. Além disso, assinou um convênio com a Secretaria de Estado da Cultura no valor de R$  8,4  milhões,  para  concessão  de  crédito a proprietários de moradias localizadas no centro histórico e atingidas pelas inundações, para reformas e serviços de recuperação.

Tudo o que sabemos sobre:

CDHUchuvasimóveisSão Luiz do Paraitinga

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.