As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Condições para a implantação de serviços prediais são expostas nos estandes de venda

Claudio Marques

17 de maio de 2014 | 23h19


GUSTAVO COLTRI

Cientes de que a oferta continuada de serviços depende da concordância dos condôminos após o início da operação dos empreendimentos, as incorporadoras tomam medidas preventivas. “Colocamos os serviços como uma previsão do condomínio, não como uma obrigatoriedade, e assinamos contrato com uma administradora que se compromete a oferecê-los quando o empreendimento é entregue”, diz o diretor comercial e de marketing da Trisul, Ricardo Stella. “Mas a assembleia é soberana e pode decidir tirar as facilidades”, diz.

No Add Vila Mariana, por exemplo, a companhia escolheu a Cushman & Wakefield, muito atuante em complexos corporativos, para colocar o prédio em operação.

VEJA TAMBÉM: Condomínios com serviços agregados podem ter maior custo de operação

A consultoria também fará a gestão inicial do You Jardim Paulista, empreendimento com unidades compactas da incorporadora You,Inc. “A administradora precisa de um tempo para implementar os serviços. E, com menos de seis meses de implantação, é impossível avaliar o trabalho. Nós registramos todos os elementos em texto legal”, diz a gerente de marketing da You, Inc, Viviane Rabelo Morimoto Morassi.

Nas peças publicitárias durante o lançamento, a empresa divulga também algumas condições para a implementação das facilidades. “Há sempre no anúncio um asterisco que diz qual será a administradora predial e que ressalta que os serviços serão implementados de acordo com a demanda.”

O pacote “Concierge Services” da Cushman dos dois novos empreendimentos imobiliários prevê comodidades como limpeza das unidades, manutenção e reparo dos imóveis, serviços de chaveiro, comida congelada, supermercado delivery, estética entre outros.

Tendência. De acordo com a gerente de novos negócios da imobiliária Abyara Brasil Brokers, Carolina Brandão, os serviços têm grande apelo com o público single, preocupado com a praticidade. “A tendência mais nova do mercado é de serviços ligados a experiências.”

O lançamento V House Boutique Residences, da Related Brasil, é um espécime desse novo momento. Ele tem, em seu menu pay per use, diferenciais como a promoção de eventos de relacionamento dos moradores, serviços de desfazimento de malas e até de agenciamento de viagens.

Tudo o que sabemos sobre:

condomíniopay per useserviços

Tendências: