Em São Paulo, Atua conquista mais um troféu no segmento econômico
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Em São Paulo, Atua conquista mais um troféu no segmento econômico

Júri do Master Imobiliário exalta sucesso na venda de 743 habitações de interesse social e de mercado popular em apenas quatro dias

Claudio Marques

01 Setembro 2016 | 16h06

Quatro condomínios, do total de seis, do In Parque Belém foram lançados no ano passado - Foto: Divulgação/Atua

Quatro condomínios, do total de seis, do In Parque Belém foram lançados no ano passado – Foto: Divulgação/Atua

Focada no segmento econômico, a Atua Construtora ganhou o prêmio de comercialização na categoria Profissional com o In Parque Belém, na zona leste de São Paulo. No total, serão 1,3 mil apartamentos. A maioria enquadrada como habitações de interesse social (HIS) e de mercado popular (HMP), respectivamente, com limites de renda até 6 e de 16 salários mínimos.
Em 2014, já havia conquistado prêmio de comercialização no lançamento do In São Paulo, com oito torres e 2,3 mil apartamentos, também na região central.
O In Parque Belém terá seis condomínios, conta a diretora de incorporação da Atua, Gil Vasconcelos. O terreno de 30 mil m² fica no bairro do Belém.
A comissão exaltou o “sucesso de vendas” dos quatro prédios que chegaram ao mercado em 2015. “Num ano difícil, foram lançados os edifícios Moema, Klabin e Perdizes (HIS), que tiveram suas 533 unidades de 42 e 43 m² de área privativa comercializadas em quatro dias”, diz o júri. “O Panamby (HMP) teve 210 de suas 300 unidades de 55 e 65 m² comercializadas também em quatro dias.”
Habitações de interesse social encaixam-se no Minha Casa Minha Vida, cujo teto é R$ 225 mil. “Apesar de ser para seis salários mínimos, damos área de lazer e a mesma qualidade do médio padrão”, diz Gil. “É produto econômico, bem arrumado, com qualidade de construção.”
Outro ponto importante é a localização. Perto do metrô Belém, Parque Belém, dos shoppings Metrô Tatuapé e Boulevard Tatuapé. Gil vendeu para “pessoas de todas as regiões de São Paulo, por causa da centralidade”. Gil diz que “sobrou um pouco” das unidades do Panamby, com 65 m² e três dormitórios. O preço é a partir de R$ 362 mil, com entrega prevista para outubro de 2018.
Em junho, a Atua lançou It Home, quinto edifício do In Belém. “Não tem restrição de renda”, diz Gil. O preço de lançamento foi de R$ 6,3 mil/m². “Era para ser igual ao Panamby, mas o mercado mudou”, afirma. “Fizemos produtos de 38, 44 e 74 m²”. O maior tem duas vagas. Com a nova metragem, o total de apartamentos baixou de 300 para 213.
A Atua vai lançar em 2017 o Pacaembu, com 300 unidades. É a última torre do In Belém, totalizando as 1,3 mil habitações.

Mais conteúdo sobre:

Prêmio Master Imobiliário