5 empresas de tecnologia que vão arrecadar US$ 1 bilhão nas bolsas em 2014

finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

5 empresas de tecnologia que vão arrecadar US$ 1 bilhão nas bolsas em 2014

Além do Alibaba, saiba quais são as outras quatro grandes empresas de internet que terão ofertas públicas de ações bilionárias

Mariana Congo

16 de setembro de 2014 | 12h38

Entre os investidores, não se fala noutro assunto. Nesta semana, está prevista a oferta pública de ações do grupo chinês Alibaba na Bolsa de Nova York.

Se for confirmado o preço por ação entre US$ 66 e US$ 68, os novos investidores do Alibaba poderão somar US$ 21,8 bilhões na abertura de capital – a maior oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) já registrada na história.

Dentre as empresas de internet e tecnologia, o clube do bilhão nas bolsas de valores tem, além do Alibaba, mais quatro ofertas iniciais de ações previstas para 2014, segundo a consultoria de mercado de capitais Renaissance Capital.

Saiba quem são as cinco empresas do clube do bilhão:

Escritório da Rocket Internet (Divulgação)

Escritório da Rocket Internet em Berlim (Divulgação)

5. ROCKET INTERNET

Expectativa do IPO: quatro trimestre de 2014
Arrecadação esperada: US$ 1,0 bilhão

A missão da Rocket Internet é se tornar a maior plataforma de internet fora dos Estados Unidos e da China. A empresa é alemã e atua, desde 2007, investindo em startups com alto potencial de crescimento e focadas em suprir necessidades básicas de clientes. Depois de comprar as empresas, a Rocket Internet investe para o negócio crescer em escala global. A empresa afirma que consegue lançar novas companhias no período de até 100 dias. O aplicativo de táxi Easy Taxi e a loja online de moda Dafiti são exemplos de empresas da Rocket Internet.

Site do Cdiscount na França

Site do Cdiscount na França

4. CNOVA

Expectativa do IPO: quatro trimestre de 2014
Arrecadação esperada: US$ 1,0 bilhão

Um dos maiores e-commerces do mundo, a Cnova é união de França e Brasil, formada por Grupo Casino, Grupo Pão de Açúcar, ViaVarejo e Grupo Éxito. Atende ao todo 460 milhões de clientes do site Cdiscount na França, Colômbia, Tailândia e Vietnã, e da Nova Pontocom (responsável pela operação online do Extra, Casas Bahia e Ponto Frio) no Brasil. Segundo a Renaissance Capital, A Cnova é uma boa empresa para quem quer investir fora do eixo da China. Em 2013, as vendas brutas foram de US$ 4,9 bilhões. A estreia em bolsa nos Estados Unidos, inicialmente protocolada em junho, poderá ocorrer até o fim do ano.

Aplicativo de mensagens Line (Imagem: Divulgação)

Aplicativo de mensagens Line (Divulgação)

3. LINE

Expectativa do IPO: quatro trimestre de 2014
Arrecadação esperada: US$ 1,0 bilhão

Popular aplicativo de mensagens instantâneas no Japão, o Line é um dos concorrentes do WhatsApp, WeChat e Facebook Messenger. Seu modelo de negócios se apoia, principalmente, na venda de funcionalidades dentro do aplicativo, como os stickers – aquelas figurinhas e emoticons usadas em mensagens. São mais de 10 mil modelos de stickers.  O Line tem 500 milhões de usuários no mundo. A empresa planeja uma dupla oferta pública de ações: nos Estados Unidos e em Tóquio.

Zalando: maior e-commerce de moda da Europa (Foto: Divulgação)

Zalando: e-commerce de europeu (Divulgação)

2. ZALANDO

Expectativa do IPO: 28 de setembro
Arrecadação esperada: US$ 1,2 bilhão

Maior e-commerce de moda da Europa, a Zalando nasceu em 2008 na Alemanha. No ano seguinte, a empresa já alcançava o posto de principal loja online de sapatos daquele país. Desde então, a Zalando expandiu sua operação para outros 14 países europeus e trabalha com 1,5 mil marcas de moda. As receitas da empresa cresceram 29,5% no primeiro semestre deste ano na comparação com o mesmo período de 2013, alcançando US$ 1,3 bilhão.

Grupo Alibaba tem empresas de vários segmentos (Foto: AFP)

Alibaba tem empresas de vários segmentos (AFP)

1. ALIBABA

Expectativa do IPO: 19 de setembro
Arrecadação esperada:  US$ 21,8 bilhões

A gigante do comércio eletrônico, fundada em 1999, domina 80% do comércio online chinês e atua sem fronteiras, da China para o mundo e vice-versa. Além do e-commerce para consumidores e empresas, o grupo Alibaba oferece serviços de computação em nuvem, entrega e meios de pagamento. A abertura de capital poderá elevar o valor de mercado do grupo Alibaba para US$ 165,5 bilhões, montante maior do que de grandes concorrentes do comércio eletrônico no mundo ocidental, como a Amazon (US$ 149,6 bilhões) e o eBay (US$ 63,2 bilhões). Considerando todos os segmentos, o Alibaba também poderá se tornar a 23ª empresa dos Estados Unidos  em valor de mercado.

LEIA MAIS:

A vida de Jack Ma, dono da gigante chinesa Alibaba

Alibaba pode arrecadar até US$ 22 bilhões em IPO

Tudo o que sabemos sobre:

Alibababolsa de valoresIPOLine

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.