As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A nova plataforma que é a esperança do BlackBerry

Nayara Fraga

28 de setembro de 2012 | 10h29

::Radar Traduz::

blackberry10_homescreen.jpg

Tela inicial do BlackBerry exibirá apps abertos em uso

A RIM, fabricante do BlackBerry, anunciou nesta semana uma atualização da plataforma BlackBerry 10. Ela deve ser lançada no mercado junto de uma nova geração de smartphones da empresa no início de 2013. É a aposta da companhia para alcançar a terceira posição no mercado de smartphones – atrás de iPhone e Android e à frente do Windows Phone. O RadarTec Traduz, seção deste blog para tirar dúvidas e dar dicas aos leitores, fala sobre o BlackBerry 10 (BB 10) hoje.

Antes, vale lembrar para que serve o sistema operacional. Apesar de a aparência de um celular chamar mais a atenção, o bom funcionamento do aparelho depende do sistema operacional. É ele quem responde pela eficiência do aparelho – controla todos os recursos e gerencia tarefas e o consumo de energia. As atualizações desses sistemas, em geral, têm a intenção de aperfeiçoar os recursos e oferecer algo melhor ao usuário. Assim funciona com o Android (que já está em sua nona versão) e com o sistema da Apple, que liberou o iOS 6 para os usuários recentemente.

No caso do BlackBerry, trata-se uma plataforma completamente nova, ainda não lançada no mercado. A BlackBerry 10 foi anunciada em maio numa conferência da empresa, mas pouco se falou da plataforma, já que quase nada havia sido concretamente apresentado (até esta semana). Desta vez – na conferência de desenvolvedores -, protótipos de smartphones foram apresentados com BlackBerry 10. Alguns recursos se diferenciam bastante do iPhone e do Android:

1 – Interface do usuário: a tela inicial no BlackBerry 10 servirá para mostrar os aplicativos abertos em uso (até oito). Mesmo minimizados, os apps exibem as atualizações. No vídeo abaixo, do Engadget, você pode ver que também há um recurso, sempre aberto, que concentra as notificações de todas as conversas do usuário (e-mail, mensagens, Twitter, Facebook Linkedin. É como se a ferramenta, chamada no vídeo de “Blackberry hub”, ficasse por trás de todas as telas e aplicativos. Desenhando um L de cabeça para baixo (apenas com o dedo), por exemplo, o “Blackberry hub” aparece.

2 – Teclado: tudo indica que será um dos principais recursos do BB 10. O layout é claro e espaçoso. Cada letra tem espaço suficiente para acomodar até dedos gordinhos, conforme o site de tecnologia Engadget , que já havia conseguido avaliar o recurso há cerca de três meses. Além disso, o teclado tem um modo de sugestão de palavras que aparecem sobre as próprias letras (veja neste vídeo). Trata-se de um recurso que antecipa as palavras e as sugere de acordo com o uso e o contexto. Para deletar, é possível começar com o dedo no botão de apagar e deslizá-lo sobre todo o teclado. Usuários acostumados a outros softwares podem se sentir atraídos pelos poucos toques necessários para usar o teclado, diz o Engadget.

3 – Ao contrário do iPhone e do Android, para desbloquear a tela do BlackBerry, o usuário terá de deslizar o dedo da parte de baixo da tela para a de cima. No iPhone e no Android, desliza-se da esquerda para a direita. Também há o recurso de colocar o aparelho em modo de economia de energia ao fechar uma espécie de “cortina digital”, deslizando o dedo de cima para baixo, segundo o site PC Magazine.

4 – Time Shift: a câmera no BB 10 tem um recurso capaz de tirar várias fotos em sequência e depois, por meio de um botão circular na tela, pode-se escolher uma delas. O giro do botão parece funcionar como o da click wheel (roda de clique) do iPod.

5 – O navegador desenvolvido pela RIM carrega as páginas rapidamente. A barra de endereço fica bem no topo da tela, para melhor visualização. Navega bem em HTML5, como a própria empresa fez questão de destacar na conferência de desenvolvedores, segundo o site da PC Magazine. Jogar games na nova plataforma parece também ser uma experiência mais agradável.

6 – No teclado do BlackBerry Messenger (BBM), há um botão com uma grande variedade de emoticons. (O site da PC Magazine mostra alguns recursos da BB 10 em um slide de fotos.)

Teste

A plataforma BlackBerry 10 ainda está em fase de teste. A expectativa era de que ela fosse lançada no fim deste ano, mas a RIM adiou a previsão para o começo de 2013, o que desanimou investidores. A empresa parece depositar todas as sua esperanças nesse novo sistema.

As ações da companhia fecharam a quinta-feira em alta de 1,16%. A empresa, que divulgou um aumento no número de celulares ativados de 78 milhões para 80 milhões, reportou perdas menores do que as esperadas pelos analistas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.