carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Acusada de copiar Apple, Samsung quer ver iPhone 5 e iPad 3

Nayara Fraga

30 de maio de 2011 | 13h05

As desavenças entre Apple e Samsung entraram em um estágio interessante. Depois de ser acusada formalmente pela Apple de violar sua propriedade intelectual — ou simplesmente de copiar a interface e o design dos aparelhos da Maçã —, a Samsung entrou com pedido na justiça americana, na última sexta-feira, para ver com antecedência a próxima geração do iPhone e do iPad, segundo o site de tecnologia This is my next.

O objetivo é assegurar que os produtos a serem lançados não entrarão no rol de reclamações da Apple. “Os advogados da Samsung querem avaliar possíveis semelhanças para se prepararem para futuras ações legais por parte da Apple”, diz o site.

A atitude ocorre dias após o juiz ordenar à Samsung que libere amostras da pré-produção dos smartphones Droid Charge, Infuse 4G e Galaxy S II e dos tablets Galaxy Tab 10.1 e 8.9, para que a Apple determine se os produtos devem ser incluídos no processo. Nesse caso, a empresa de Steve Jobs poderia entrar com ação para bloquear os produtos no mercado.

O

Documento

movido pela Apple desde abril deste ano alega que a Samsung é um dos principais “imitadores” de sua tecnologia. “(…) A Samsung fez seus telefones Galaxy e tablets funcionarem e se parecerem com os produtos da Apple”, o que seria motivo para colocar um basta na conduta ilegal da companhia e obter compensação das violações cometidas até agora.

A ironia está no fato de que as empresas são parceiras há anos. A Samsung fornece à Apple processadores, memórias flash e painéis LCD que são usados em aparelhos como iPhone e iPad.

Tudo o que sabemos sobre:

AppleprocessoSamsung

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: