As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Amazon pode lançar smartphone em 2012

Nayara Fraga

17 de novembro de 2011 | 18h02

jeff_bezos_shannonstapleton_reuters_450.jpg

Jeff Bezos, CEO da Amazon. Analista diz que ele quer entrar no mercado de celulares

Após estrear no mercado de tablets com o Kindle Fire, a Amazon agora estaria almejando o segmento de smartphones. O analista Mark Mahney, do Citigroup, disse em nota divulgada à imprensa que a empresa de Jeff Bezos pode lançar um smartphone no fim de 2012 — baseado em informações levantadas pelo departamento de pesquisa do Citi na Ásia.

O telefone estaria sendo desenvolvido em parceria com a chinesa Foxconn, quem fabrica os aparelhos da Apple. O analista também revelou, segundo sites de tecnologia americanos, possíveis preços: entre US$ 150 e US$ 170. O Business Insider explica que seria um aparelho de tecnologia mediana, sem processador superveloz.

Mas, por esse preço, conseguiria a Amazon lucrar? “Para uma marca comum, como a HTC, é preciso precificar o produto em US$ 243 para ter 30% de margem de lucro. Se a Amazon está realmente disposta a perder algum dinheiro com esse aparelho, a diferença de preço pode ser ainda maior”, diz o analista em nota reproduzida pelo All Things D.

O Business Insider acredita que, caso a Amazon dê mesmo esse passo, ela será totalmente derrotada no campo dos smartphones. Isso porque as grandes marcas de celulares, como Apple, e as operadoras costumam fazer acordos para oferecer aparelhos a baixo custo ou custo nenhum. Nesse caso, ficaria difícil ganhar o consumidor com um smartphone que gera desconfiança ante um iPhone que sai de graça. “Talvez a Amazon pague as pessoas para ter seu telefone?”, indaga o site.

Apesar de o rumor parecer presságio de insucesso nos Estados Unidos, talvez ele não o seja em mercados emergente, como a América Latina. Um smartphone mediano ainda não se compra no Brasil com menos de R$ 699, preço médio do Galaxy 5, por exemplo. Se a empresa pretender e conseguir levar o preço baixo a essas regiões, pode ser uma estratégia válida.


Veja também

O sacrifício de comprar um tablet barato

Tablet da Amazon custará US$ 199

Será o tablet da Amazon um verdadeiro rival para o iPad?

Tudo o que sabemos sobre:

2012Amazonsmartphone

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.