As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Apple pede na Justiça proibição de venda de 8 dispositivos da Samsung

Nayara Fraga

27 de agosto de 2012 | 16h43

A Apple entrou formalmente nesta segunda-feira com um pedido para impedir a venda de oito aparelhos da Samsung, dias depois de a empresa sul-coreana ter sido condenada a pagar uma indenização de US$ 1 bilhão por infrações de patente.

No processo aberto no Tribunal Distrital do Norte da Califórnia, a Apple diz buscar uma ordem preliminar para encerrar a venda de oito produtos da Samsung, dentre eles modelos dos smartphones Galaxy e Droid.

A Apple diz no processo que se reserva o direito de buscar a proibição permanente da venda dos aparelhos da Samsung, mas ofereceu uma lista “adaptada” de oito deles para “tratar de uma parte dos danos imediatos e irreparáveis que a Apple está sofrendo”.

A empresa norte-americana terá de convencer a juíza Lucy Koh de que vai sofrer danos irreparáveis se os produtos indicados nesta segunda-feira permanecerem no mercado. Embora a lista não contenha os últimos produtos da Samsung, muitos ainda estão disponíveis em operadoras de telefonia móvel e em lojas online, como a Amazon.

A vitória da Apple deu mais peso às afirmações da empresa norte-americana de que produtos como o iPhone foram copiados por sua rival sul-coreana. A decisão também deve afetar uma série de participantes do mercado de dispositivos móveis, dentre eles o Google, já que os modelos Galaxy e Droid da Samsung usam softwares fornecidos pelo Google. Representantes da Samsung e do Google não foram encontrados para falar sobre o assunto.

As informações são da Dow Jones.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.