As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Google compra patentes da IBM

Nayara Fraga

29 de julho de 2011 | 18h43

nexuss.jpg
Hoje importante no setor de smartphones, Google não quer ficar para trás no quesito patente

Propriedade intelectual não é o forte do Google. Mas isso não significa que a companhia não queira ganhar relevância nessa área. Para aumentar seu portfólio de patentes, ela está se mexendo: comprou mais de mil patentes da IBM neste mês, segundo o “Los Angeles Times.

O Google não quis comentar o valor da negociação. “Como muitas empresas de tecnologia, às vezes nós vamos adquirir patentes que são relevantes paras as necessidades de nosso negócio”, disse ao jornal um porta-voz do Google. A IBM não comentou o assunto.

Outras patentes que devem aparecer no portfólio do Google, em breve, são as de tecnologias de comunicação sem fio da empresa InterDigital. Na semana passada, o “Wall Street Journal”, citando pessoas próximas ao assunto, noticiou que a gigante de buscas deu início a uma negociação com a companhia. (Veja no Link.)

De fora. Recentemente, um grupo de companhias se uniu para comprar 6 mil patentes leiloadas pela Nortel, falida empresa canadense, e deixou de fora o Google. Apple, Microsoft, Sony, RIM, Ericsson e EMC gastaram US$ 4,5 bilhões com a aquisição. O Google, sozinho, havia oferecido US$ 900 milhões pelo material. (Veja aqui.)

Guerra de patentes. Desde que o Google resolveu se aventurar no setor de smartphones, com seu sistema operacional Android (na foto acima, no aparelho Nexus S), os concorrentes travam uma Guerra Fria entre si. A disputa se resume a Google, Apple e Microsoft e envolve tribunais e  agências de regulação nos EUA. (Saiba quem processa quem no Link.)

Tudo o que sabemos sobre:

compraGoogleIBMpatente

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.