iPad 2: nova data, conexão e problemas pela frente
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

iPad 2: nova data, conexão e problemas pela frente

GLAUCIMARA BARALDI

23 de fevereiro de 2011 | 12h02

A data prevista – e anunciada pelo Wall Street Journal – para o lançamento do iPad 2 era Abril de 2011. Nesta terça-feira (22), o mesmo veículo cravou nova data: 2 de março. A diferença neste caso é que o convite para um evento chegou a outras mídias, como no New York Times.

Nova conexão


Protótipo do conector Light Peak (Crédito: PCPro.co.uk)

As mudanças já “rumorizadas” são: melhor processador, câmera frontal, menor espessura e peso.

Mas a MacRumors destaca que a nova geração do tablet também pode contar com uma nova conexão chamada Light Peak.

O site CNET, inclusive, informa que tal conexão será lançada pela Intel nesta quinta-feira (24) e será  acrescentada numa atualização do notebook top de linha da Apple (Macbook Pro), também previsto para esta quinta-feira (24).

A conexão Light Peak pretende ser universal (conectar com diversos aparelhos) com a vantagem de ter velocidade de conexão em torno de 10 Gigabits por segundo, ou seja, pelo menos duas vezes mais rápida que o USB 3.0 (4,8 Gbps).

Entraves

Para o lançamento acontecer neste curto espaço de tempo, a Apple terá que resolver dois problemas pela frente.

O primeiro é: quem fará o anúncio? Steve Jobs saiu de licença médica em Janeiro e, pela última vez que foi visto – num jantar com Barack Obama, Eric Schmidt e Mark Zuckerberg – estava tão magro a ponto de preocupar os acionistas, que já exigem um plano de sucessão. O CEO da Apple teve câncer no pâncreas em 2004.


Jobs, Obama e Zuckeberg lado a lado (Foto: Pete Souza/ Casa Branca/ Divulgação/ Flickr)

O segundo problema vem da Ásia. Trabalhadores de uma empresa terceirizada – a tailandesa Wintek – estariam com problemas por contato com substâncias químicas tóxicas, usada para colocar a assinatura da Apple nos gadgets.

A notícia foi publicada pelo New York Times. Por enquanto, um joga a responsabilidade para o outro. A Apple afirma que cobra “boas condições de trabalho” das empresas fabricantes. Os funcionários dizem que nunca ouviram uma ordem da Apple nesse sentido e dizem que a Wintek estaria pressionando para assinarem papéis que evitassem futuros processos contra as empresas.

Tudo o que sabemos sobre:

AppleiPad 2Light PeakSteve Jobs

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.