As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Maddog defende computação em nuvem diferente

GLAUCIMARA BARALDI

19 de janeiro de 2011 | 15h06

Em dezembro de 2010, o fundador da Free Software Foundation, Stallman, fez duras críticas à computação em nuvem (cloud computing). “Estaremos colocando nossos dados em algum lugar que não conhecemos”, afirmava ele, que preferia continuar salvando tudo no disco rígido de seu computador.

Na tarde desta quarta-feira (19), foi a vez de outro famoso defensor do Linux, Jon Maddog Hall, defender um plano de negócios onde usuários sequer teriam disco rígido, pois tudo estaria na nuvem. Opiniões contraditórias entre as duas celebridades do Linux? Maddog mostra que não.

“Existem quatro diferentes tipos de computação em nuvem. A que estamos sugerindo é um ambiente mais local, criado com poucas pessoas dentro do Brasil. Seria um cloud computing privado, onde os usuários, por mais que não tenham os dados em seus computadores, conhecem o servidor, sabem onde tudo está guardado”, explicou o guru, “Não precisamos colocar todos os dados brasileiros num servidor, por exemplo, que pode ser monitorado pelo governo norte-americano”.

Mais notícias sobre a feira de tecnologia você encontra no Blog do Campus Party

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.