As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Microsoft anuncia Office em nuvem

Nayara Fraga

28 de junho de 2011 | 11h18

steve_ballmer.jpg

Rumo à web. Steve Ballmer, CEO da Microsoft, apresenta o Office 365 nesta terça-feira, 28

A gigante dos softwares também quer entrar no universo da “nuvem”. Nesta terça-feira, 28, a Microsoft anuncia em Nova York que oferecerá ao mercado produtos do Office em versão baseada na web. Batizado de “Office 365”, ela deve incluir Outlook, Excel, SharePoint e outros programas de forma online.

Trata-se claramente de uma medida para enfrentar os serviços oferecidos pela Google em nuvem, que cobra US$ 50 por ano pelo uso por empresas e governos — valor mais atrativo que os softwares de US$ 200 a US$ 400 da Microsoft, observa o “New York Times”. Segundo o diário, o preço cobrado pela empresa fundada por Bill Gates deve variar de US$ 2 a US$ 27 por usuário a cada mês.

O serviço mensal de US$ 2 ofereceria apenas e-mail e seria dirigido para companhias que querem estender a comunicação a empregados que hoje não têm acesso, como trabalhadores de fábricas, informa o “NYT”. E o de US$ 27 por mês seria um pacote mais completo, que incluiria a versão mais potente do Office.

Já a taxa mensal de US$ 6 daria direito a uma extensão dos serviços de e-mail e ferramentas de colaboração, como SharePoint, para pequenas empresas. “O valor anual de US$ 72 é um tanto superior ao do Google, mas leva consigo o nome e familiaridade da Microsoft”, diz o “NYT”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.