As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Novo sistema do iPhone deixa Google Maps de fora

Nayara Fraga

20 de setembro de 2012 | 13h10

apple_maps_hero.jpg

Com a liberação da nova versão do sistema operacional dos dispositivos móveis da Apple, o iOS 6, comentários favoráveis ou contrários estão se espalhando nas redes sociais e em blogs de tecnologias. A substituição do velho conhecido Google Maps pelo Apple Maps é uma das principais fontes de discussão. O novo aplicativo, desenvolvido pela própria Apple, oferece modo de visualização 3D, navegação curva a curva, recurso Flyover (para ver os lugares de cima) e visão de satélite e rotas. (A oferta dessas ferramentas varia de acordo com o país.)

Quando a tarefa é localizar ruas, o aplicativo não parece receber muitas queixas. Mas a visão de satélite não é nítida em alguns casos, como comentam alguns usuários do Reino Unido no fórum de discussões no site da Apple (veja imagem abaixo). Eles comparam, com imagens, as resoluções dos mapas. O Google Maps se mostra bem melhor.

DANIEL GONZALES: As primeiras impressões do iOS 6

Outros encontram pequenos erros na identificação de locais. A cidade de Dublin, na Irlanda, por exemplo, ganhou um aeroporto no subúrbio Dundrum. O local, de 35 acres, tem o nome de Airfield. Isso levou o aplicativo a identificá-lo como aeroporto, com o ícone de um avião. Mas fazem parte do ambiente áreas de plantio, jardins e um café. O governo da Irlanda já notificou à Apple do erro e pediu correção imediata, segundo o IrishTimes.com.

O New York Times, ao noticiar o novo recurso de mapas,  observa que algumas buscas retornam resultados em cidades completamente diferentes das desejadas pelo usuários e que não há informação sobre transporte público.

O abandono do aplicativo de mapas baseado no serviço do Google, que desde 2007 estava presente nos aparelhos da Apple, é um sinal da crescente competição entre as companhias  — o Google é dono do sistema operacional Android, plataforma líder no mundo no segmento dos smartphones. “Acho que a maioria dos usuários entende a força competitiva entre as duas empresas que fez a Apple tirar o Google de campo (isso inclui o app do YouTube), mas esse entendimento não se estenderá ao ponto de forçar os usuários a usar um serviço inferior, pelo menos não por muito tempo”, diz a ComputerWorld.

O site de tecnologia acredita que a Apple está plenamente consciente disso. Um sinal seria um sistema que vem embutido no aplicativo para o usuário reportar erros, algo do qual “o Google Maps se beneficiou por anos”.

Toda alteração em sistemas operacionais mexe com o usuário. No caso da exclusão do aplicativo do Google Maps, que ainda assim pode ser acessado pelo navegador nos dispositivos da Apple, a repercussão fala alto em razão do costume dos usuários com o recurso.

apple_maps_resolution.jpg

Você já atualizou seu iPhone ou iPad para o iOS 6? O que está achando do novo sistema? Deixe seu comentário abaixo.

Com a ajuda da ferramenta Storify, selecionamos alguns comentários de brasileiros sobre o iOS 6. Veja se você concorda com eles: Apple atualiza sistema operacional para iOS 6.


VEJA TAMBÉM

Ação da Apple passa dos US$ 700

Pegadinha: com iPhone 4S em mãos, povo avalia iPhone 5

Uma pausa na revolução

Sem Jobs, Apple volta a ser uma empresa como as outras

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.