Pinterest segue outras redes sociais e cria pins patrocinados
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Pinterest segue outras redes sociais e cria pins patrocinados

Mariana Congo

19 de setembro de 2013 | 18h04

O Pinterest vai entrar para a lista de serviços e redes sociais que publicam conteúdo patrocinado, como já fazem o Google (com seus links pagos), Facebook e Twitter (com posts e tweets promovidos). Com isso, a rede social busca o caminho da publicidade fazer o serviço dar dinheiro e se sustentar.

No blog do Pinterest, o CEO e fundador do serviço, Ben Silbermann, publicou um post no qual dá uma justificativa amigável para a venda de espaço publicitário: segundo ele, os usuários (como ele próprio) desejam que suas listas de fotos e vídeos favoritos fiquem no ar por um longo tempo. E para o Pinterest não sair do ar, precisa ganhar dinheiro.

Pinterest segue outras redes sociais e cria espaço para publicidade

Por enquanto, a rede social vai realizar testes com pins patrocinados de um grupo restrito de marcas e empresas. Silbermann promete que não vai aceitar publicidade com cara de banner ou pop-up. O conteúdo, segundo ele, terá que ser de bom gosto, transparente e relevante.

Os pins patrocinados aparecerão nos resultados das buscas e também nas categorias temáticas. Por exemplo: uma loja de fantasias patrocina uma postagem com a imagem de uma fantasia do personagem Darth Vader (de Guerra nas Estrelas). A foto, então,  poderia aparecer no resultado de uma busca por “dia das bruxas”.

Desde sua criação, em março de 2010, o Pinterest tem recebido dinheiro de investidores. O serviço de scrapbooks online é avaliado em US$ 2,5 bilhões.

(Imagem: Reprodução/Pinterest)

VEJA TAMBÉM

Tablets ultrapassam desktops no Brasil

iTunes Radio tem rádios de marcas e artistas

Tudo o que sabemos sobre:

Pinterestpublicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.