Twitter lança anúncios personalizados
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Twitter lança anúncios personalizados

Mariana Congo

03 de julho de 2013 | 15h36

O Twitter divulgou nesta quarta-feira, 3, que em breve vai começar a testar publicidade personalizada, primeiramente para os usuários dos Estados Unidos.

Os anunciantes poderão direcionar sua publicidade para pessoas que já mostraram interesse na marca, produto ou serviço. Por exemplo: potenciais consumidores que já visitaram o site da empresa, fizeram uma busca relacionada ou compraram online.

“Os usuários não receberão mais anúncios, mas sim anúncios melhores”, disse o Twitter, em nota. Ou seja, publicidade mais direcionada.

O Twitter vai cruzar dados de e-commerce, e-mails de clientes e informações de navegação (cookies) com os dados dos usuários da rede social para direcionar a propaganda personalizada. O conteúdo do Twitter será um tipo de “retargeting”.

O site GigaOM lembra que, na prática, isso significa que o Twitter vai começar a fazer o que outras empresas como o Facebook e o Google já fazem, mas com uma diferença: o usuário poderá desabilitar essa função. Segundo o Twitter, será necessário somente acessar as configurações de conta e desabilitar a opção “conteúdo promovido”.

O que é retargeting?

Você já reparou que às vezes a publicidade de um site parece ter simplesmente adivinhado o que você está querendo comprar?

Por exemplo: você quer comprar uma bola de basquete e visitou diversos sites para comparar preços do produto, mas não concluiu a compra. Depois, quando abre uma rede social ou site, o display publicitário mostra, justamente, o anúncio de uma bola de basquete. Como isso acontece?

A palavra “target”, em marketing, está relacionada à definição de público-alvo. Assim, a ferramenta de retargeting guarda os dados do visitante de um e-commerce (como os cookies do navegador), traça seu perfil e identifica seus gostos de preferências. A partir disso, o consumidor em potencial começa a receber publicidade direcionada em sites ou redes sociais que visita e que fazem parte da rede de retargeting do anunciante.

“O anunciante coloca a campanha certa para a público certo e assim tem mais retorno”, explica Edvaldo Acir, diretor geral da Vizury para o Brasil e America Latina, empresa da área de tecnologia de retargeting. Segundo Acir, esse tipo de publicidade direcionada dá cinco vezes mais retorno ao anunciante do que um banner publicitário comum.

VEJA TAMBÉM

Gmail agora tem publicidade com cara de e-mail

‘O Pirate Bay preenche uma lacuna’, diz porta-voz do site

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.