‘Warren Buffett canadense’ faz oferta para comprar a BlackBerry e ações sobem

finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Warren Buffett canadense’ faz oferta para comprar a BlackBerry e ações sobem

Mariana Congo

23 de setembro de 2013 | 17h27

O homem por trás da oferta de US$ 4,7 bilhões para comprar a BlackBerry é Prem Watsa, conhecido como o “Warren Buffett canadense”. Watsa é presidente e CEO da Fairfax Financial, a maior acionista da BlackBerry, com cerca de 10% das ações.

Com a oferta realizada hoje, o consórcio liderado pela Fairfax Financial ofereceu o pagamento de US$ 9 por ação para fechar o capital da empresa. O Merrill Lynch e o BMO Capital Markets também fazem parte do consórcio.

Depois do anúncio, as ações da BlackBerry passaram a ser negociadas em forte valorização, de até 5,38%, aos US$ 9,20 – valor acima da oferta da Fairfax. Os papéis fecharam em alta 1,09%, a US$ 8,82.

“Podemos entregar valor imediato aos acionistas, enquanto continuamos a execução de uma estratégia de longo prazo em uma empresa privada com foco em soluções superiores e seguras para os clientes da BlackBerry em todo o mundo”, disse Watsa em comunicado.

Prem Watsa faz oferta para comprar a BlackBerry e ações sobem

‘Warren Buffett canadense’. O anúncio de hoje vem um mês depois da renúncia de Prem Watsa ao conselho da BlackBerry, onde ocupava cargo desde janeiro de 2012. Segundo avaliação do Wall Street Journal, a renúncia já era sinal de Watsa poderia estar interessado em comprar a empresa – depois que percebeu os sinais de que a companhia poderia sair em busca de um comprador como solução para a crise.

Prem Watsa é de origem indiana e começou a construir sua empresa de investimentos, a Fairfax, no Canadá a partir do mercado de seguros rodoviários. Ao longo dos anos, adquiriu propriedades e empresas de seguros. Sua tática, parecida com a do megainvestidor americano Warren Buffett, usa as operações com seguros para financiar outros tipos de investimentos. Buffett está em quarto na lista de bilionários da revista Forbes, com US$ 58,5 bilhões. Por meio de sua empresa, a Berkshire Hathaway, o bilionário investe em companhias que considera sólidas, como Coca-Cola e Gilette.

No mercado. Na sexta-feira, as ações da BlackBerry chegaram a cair até 23%, depois do anúncio da demissão de 4,5 mil pessoas e da prévia dos resultados trimestrais abaixo do esperado. Hoje, os papéis operaram em queda, de até 5,6%, a US$ 8,23, mas inverteram a tendência após a anúncio da compra da empresa. A operação deverá ser concluída até 4 de novembro. Até lá, a BlackBerry passará por um processo de seis semanas de auditoria. Se a BlackBerry desistir da operação, ela deve pagar uma multa de US$ 0,30 por ação, o que soma cerca de US$ 157 milhões.

VEJA TAMBÉM

Marcas ‘zebra’ tendem a ser mais inovadoras

Netflix conquista Emmy por ‘House of Cards’

Tudo o que sabemos sobre:

Blackberry

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.