Covid-19

Bill Gates tem um plano para levar a cura do coronavírus ao mundo todo

Semana que vem, aposentado recebe 2ª parcela do 13º

Regina Pitoscia

20 de maio de 2020 | 00h32

Na próxima segunda-feira, dia 25, a Previdência Social inicia o pagamento da segunda parcela do 13º a aposentados e pensionistas. Os primeiros a receber são os que ganham pelo piso, equivalente a um salário mínimo (R$ 1.045). Depois, a partir do dia 1 de junho, o crédito será para quem ganha acima do piso. (Confira tabela no fim do texto). A parcela corresponde a 50% do valor que o segurado recebe e vem junto com o benefício de maio.

Não resta a menor dúvida que essa renda extra chega em boa hora e vai ajudar a aliviar o orçamento. No entanto, mais do que nunca, a administração do dinheiro requer cuidados e consciência. Simplesmente pelo fato de que não haverá o pagamento de parcelas do abono nos meses de agosto e dezembro, como normalmente como acontecia a cada ano, especialmente nesse período de crise financeira aguda. Os tempos continuarão difíceis, e ninguém sabe até quando.

Por isso, o ideal seria conseguir fazer uma reserva financeira com o 13º ou com parte dele para qualquer imprevisto. Ao mesmo tempo em que os cintos devem ser apertados, sem assumir novas dívidas, novos compromissos nesse momento. Melhor adiar os planos até que o horizonte esteja um pouco mais definido.

Cartão magnético

Nada menos do que 12,4 milhões de aposentados e pensionistas da Previdência Social recebem seus benefícios por meio de cartão magnético. Mas para facilitar um pouco a vida do segurado nesse período em que há riscos para sair de casa e ir a um caixa eletrônico, o INSS baixou uma portaria a de nº 53, publicada no Diário Oficial da União do dia 29/04, que permite ao beneficiário solicitar o crédito do benefício em conta  corrente.

Com a portaria, o segurado poderá alterar o sistema de pagamento, do cartão para a conta corrente, inteiramente pela internet. Mas é preciso que o titular tenha uma conta corrente em seu nome e o requerimento seja feito, exclusivamente, pelo portal “Meu INSS”.

Um rápido passo a passo para fazer a solicitação: acesse o endereço meu.inss.gov.br. É preciso um cadastro, informando o CPF e criando uma senha. Ao entrar na página de serviços, clique em “Agendamento/Solicitações” e, em seguida, em “Atualização para manutenção de Benefício e outros serviços” e, finalmente, em “Transferir Benefício para Conta Corrente”. Após isso, deverá anexar os documentos ali solicitados. Esses documentos precisam ser fotografados ou digitalizados para o envio.

Quem não possui conta corrente deve entrar em contato com o banco onde deseja ser cliente e procurar comparecer nos horários reservados às pessoas com mais idade e, portanto, pertencem ao grupo de risco, para abrir a conta. Para então fazer a solicitação pelo portal do INSS.

Auxílio-doença

Como as agências do INSS estão fechadas, em princípio, até o dia 31 de maio, o atendimento dos segurados está sendo feito também pelo portal “Meu INSS”.  Para pedir o auxílio-doença, o segurado deve digitalizar ou fotografar o atestado assinado por um médico para enviá-lo pela internet. O documento será analisado por um perito do INSS, sem a necessidade de realização presencial de perícia por um médico da própria Previdência.

Essa perícia vai ocorrer assim que a quarentena for suspensa. Até lá, se for concedido o benefício, o segurado ficará recebendo um salário mínimo (R$ 1.045) para depois ter o auxílio concedido, calculado sobre o salário de benefício. Ao entrar no portal, é preciso clicar em “Perícia Médica”, um vídeo didático, que está no endereço: https://www.inss.gov.br/video-veja-como-enviar-atestado-medico-pelo-meu-inss/

Calendário de pagamento da 2ª parcela

Benefício de 1 salário mínimo

Nº final          Dia de pagamento

1                             25/05

2                             26/05

3                             27/05

4                             28/05

5                             29/05

6                             01/06

7                             02/06

8                             03/06

9                             04/06

0                             05/06

Benefício acima do piso

Nº final       Dia de pagamento

1 e 6                   01/06

2 e 7                   02/06

3 e 8                   03/06

4 e 9                   04/06

5 e 0                   05/06

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: