Bicycled, a bicicleta feita de sucata de automóvel
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Bicycled, a bicicleta feita de sucata de automóvel

Duplamente ecológica, ela não emite poluentes e ainda reaproveita materiais que podem causar danos ao ambiente

blogs

12 de novembro de 2014 | 10h49

Cassis, montando uma bicicleta com metal reciclado (Divulgação)

Cassis, montando uma bicicleta com metal reciclado (Divulgação)

Automóveis velhos que viraram sucata estão virando matéria prima para a fabricação de bicicletas novas em uma oficina em Madri, na Espanha.

A experiência que transforma veículos barulhentos e grandes consumidores de combustíveis em uma máquina livre de emissões de poluentes é liderada por Francisco Cassis, diretor criativo da Lola Madrid da agência de publicidade Lola Madrid, que fez uma parceria informal com um fabricante de bicicletas espanhol.

“Uma bicicleta feita de restos de carros velhos é uma bicicleta com uma opinião”, diz Cassis, sobre a marca de bicicletas Bicycled, ‘a bicicleta feita de carro’.

Singularidade. Parte do apelo das bicicletas recicladas reside no fato de que, como flocos de neve, não há duas bicicletas iguais. A singularidade é resultado do processo de transformação do metal em tubos e peças para a montagem das bicicletas.

“As pessoas adoraram”, diz Cassis. “Recebemos 7 mil consultas e encomendas, apesar do preço considerado caro em relação às bicicletas comuns (US$ 800, o equivalente a R$ 2 mil). A reação dos consumidores foi totalmente positiva: “Parabéns por uma ideia incrível. Eu quero uma”.

Os entusiastas provavelmente vão ter de esperar um pouco. Cada bicicleta demora cerca de três meses para ficar pronta e os artesão contratando não estão dando conta de tantos pedidos.

“Estamos tentando descobrir como acelerar a produção”, diz Cassis. “Nossos talentos na agência de publicidade vêm as vezes com ideias surpreendentes que não estão relacionadas com a publicidade, por isso criamos um departamento para tentar fazer essas coisas aconteçam”, comenta Cassis.

Tudo o que sabemos sobre:

BicicletaReciclagem

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.