Primeiro carro solar do mundo capaz de levar uma família é testado nos EUA

finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Primeiro carro solar do mundo capaz de levar uma família é testado nos EUA

Modelo pode percorrer 676 quilômetros em um dia de sol e produz energia extra para mais 400 quilômetros depois que o dia escurece

blogs

24 de setembro de 2014 | 12h14

Veículo movido a energia solar tem 400 quilômetros de autonomia (AFP)

Veículo movido a energia solar tem 400 quilômetros de autonomia (AFP)

Uma equipe de engenheiros da Holanda apresentou na Califórnia o primeiro carro capaz de transportar uma família usando apenas a força da energia solar.

Em um dia ensolarado, o carro chamado Stella pode percorrer até 676 quilômetros de distância transportado quatro pessoas. O veículo fez uma viagem inaugural entre Los Angeles e São Francisco, chamando a atenção dos motoristas por onde passava.

O carro tem o teto coberto por grandes painéis solares que produzem duas vezes mais energia do que o necessário, o que permite que ele percorra mais 400 quilômetros depois que o dia escurece.

Modelo é feito de alumínio e fibra de carbono (AFP)

Modelo é feito de alumínio e fibra de carbono (AFP)

Isso é quase duas vezes a autonomia de um carro elétrico padrão. O modelo é feito com materiais leves de alta tecnologia, como alumínio e fibra de carbono.

O gerente da equipe de engenheiros, Lex Hoefsloot, da Universidade de Tecnologia de Eindhoven, disse acreditar que o carro do futuro deverá ser muito mais leve, aerodinâmico e eficiente, como o modelo desenvolvido pela sua equipe.

“Os painéis solares são a solução para um futuro sustentável”, afirmou. Ele explicou que o modelo ainda é caro, porque é um protótipo feita à mão, mas com produção em larga escala poderia tornar-se acessível e viável economicamente.

A equipe pretende agora desenvolver um modelo mais confortável, prático e eficiente, para que ele possa chegar ao mercado nos próximos anos.

Painéis solares no teto captam o dobro da energia necessária e garantem autonomia (AFP)

Painéis solares no teto captam o dobro da energia necessária e garantem autonomia (AFP)

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

Energia solar

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: