Casa da série de TV Magnum P. I. é vendida por US$ 8,7 milhões
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Casa da série de TV Magnum P. I. é vendida por US$ 8,7 milhões

Entre os intermediários da transação há nomes ligados a Barak Obama, que provoca especulação na imprensa de que o verdadeiro comprador seria o presidente dos EUA

Economia & Negócios

20 de março de 2015 | 10h38

Casa da série Magnum P. I. : praia onde a família Obama passa férias (AP)

Casa da série Magnum P. I. : praia onde a família Obama passa férias (AP)

A mansão de praia no Havaí que foi cenário da série de televisão ‘Magnum P.I.’, estrelada por Tom Selleck, acaba de ser vendida por US$ 8,7 milhões. Pelo câmbio atual, o valor equivale a R$ 28,7 milhões.

O comprador pode ser ninguém menos que o presidente dos EUA, Barak Obama. Entre os intermediários da transação há nomes ligados ao presidente, o que levou aos rumores na imprensa internacional.

Obama tem fortes laços com o Havaí, onde, oficialmente, nasceu (há especulações de que seria queniano) e costuma passar férias.

A sigla P. I. no nome da série era uma referência a ‘private investigator’ (detetive particular). A série americana que fez sucesso nos anos 80 quando a rede de TV CBS decidiu aproveitar os equipamentos da série Havaí 5-0, sucesso nos anos 60 e 70.

A propriedade fica em Waimanalo, próximo à cidade de Kailua, onde a família Obama passou as férias de inverno nos últimos anos.

Imóvel tem cinco quartos, garagem para barco e lago com tartarugas (AP)

Imóvel tem cinco quartos, garagem para barco e lago com tartarugas (AP)

O contrato de compra foi firmado por Seth Madorsky, um advogado de Chicago apoiador do presidente Barack Obama. A propriedade foi vendida a outro comprador: Marty Nesbitt, um amigo de Barack Obama. Nesbitt já fez parte da equipe do presidente, com a função de Tesoureiro, durante a primeira corrida presidencial de Obama. Atualmente é presidente da Fundação de Barack Obama.

A Casa Branca não comentou a notícia, já que o nome do presidente não aparece em nenhum dos documentos de compra do imóvel. Mas a imprensa americana desencadeou uma busca por vestígios que liguem o imóvel ao presidente. Um alto funcionário do governo disse à imprensa que “o presidente não faz parte da operação.”

A casa construída em 1933 tem cinco quartos, garagem para barco e para quatro veículos e quadra de tênis. Fica a 500 metros da praia e tem um lago com tartarugas.

Tudo o que sabemos sobre:

Barack ObamaMagnum

Tendências: