Che Guevara e Hugo Chávez viram grifes de perfume em Cuba
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Che Guevara e Hugo Chávez viram grifes de perfume em Cuba

Laboratório estatal Biofam diz que perfumes cheiram a 'heroísmo' e 'galhardia' e que objetivo é conquistar mercado internacional

blogs

26 de setembro de 2014 | 12h13

Perfumes 'Che' e 'Hugo' lançados por laboratório estatal cubano: 'cheiro de heroísmo e galhardia' (AP)

Perfumes ‘Che’ e ‘Hugo’ lançados por laboratório estatal cubano: ‘cheiro de heroísmo e galhardia’ (AP)

HAVANA – o venezuelano Hugo Chávez e o legendário comandante guerrilheiro Ernesto ‘Che’ Guevara ganharam marcas de um perfume com um aroma criado por químicos e designers cubanos. Os criadores dizem que o cheiro do perfume é de ‘heroísmo’ e ‘galhardia’.

Colocado sobre a pele, o ‘Ernesto’ líquido é mais amadeirado e doce, levemente refrescante, enquanto que ‘Hugo’ tem odor mais suave, lembrando frutas tropicais e é menos penetrante, segundo informou a agência de notícias Associated Press.

“São perfumes muito atrativos, mas o nome para nós significa muito”, disse Isbel González, vice-presidente de investigação e desenvolvimento da Labiofam, mostrando pequenos frascos com etiquetas impressas contendo um líquido translúcido.

Segundo ela, o plano é de um dia conseguir vender o produto em frascos mais elegantes e com etiquetas chamativas para chamar a atenção nas lojas, dentro dos conceitos mais modernos do marketing capitalista.

Perfumes 'Che' e 'Hugo' lançados por laboratório estatal cubano: 'cheiro de heroísmo e galhardia' (AP)

Perfumes ‘Che’ e ‘Hugo’ lançados por laboratório estatal cubano: ‘cheiro de heroísmo e galhardia’ (AP)

Exportação. A Labiofam é o maior laboratório estatal cubano em produtos naturais. ‘Hugo’ e ‘Ernesto’ são as primeiras incursões em linhas masculinas dos aromas já desenvolvidos até agora. Os dois produtos foram criados com planos de obter também uma fatia do mercado internacional.

A apresentação dos perfumes foi um momento importante e um marco do Congresso Congreso Labiofam 2014, que acontece em Havana esta semana e na qual estão presentes cientistas de vários países interessados na experiência cubana em matéria de produtos naturais, médicos, químicos, especialidades da casa.

O Labiofam desenvolve desde um produto homeopático derivado de veneno de escorpião para tratamento contra câncer, muito procurado internacionalmente, passando por iogurtes e suplementos dietéticos, cremes a partir de casca de manga até biolarvicidas. Associated Press

 

Tudo o que sabemos sobre:

CubaPerfume

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: