Maior coleção de Corvettes do mundo é restaurada para venda em leilão
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Maior coleção de Corvettes do mundo é restaurada para venda em leilão

Artista queria fazer obra de arte com os modelos, mas acabou vendendo a coleção que estava abandonada há mais de 20 anos em um galpão

blogs

24 de outubro de 2014 | 16h23

Coleção de 36 Corvettes que está em processo de restauração antes de ir a leilão em 2015 (Foto: NYT)

Coleção de 36 Corvettes que está em processo de restauração antes de ir a leilão em 2015 (Foto: NYT)

NOVA YORK – A mais famosa coleção de Corvettes do mundo, formada por 36 veículos modelos 1953 a 1989, será oferecida em leilão nos Estados unidos. A coleção é formada por um modelo de cada ano de produção do esportivo criado pela Chevrolet em 1953.

Em 1989, o canal de televisão americano VH1 fez uma promoção em que o prêmio eram os 36 Corvettes. O vencedor, Dennis Amodeo, vendeu a coleção em 1990 para o artista plástico Peter Max, que queria usar os veículos em um projeto cultural. O projeto não se concretizou e os carros ficaram abandonados.

Em 2005, estocados em uma garagem de condomínio, os carros ficaram famosos após uma reportagem de jornal. Os carros passaram para outro estacionamento mas ficaram sempre à espera da promessa de Peter Max de retomar o projeto.

Os carros acabaram vendidos para Peter Heller e seu primo Scott Heller, pois o artista ficou muito ocupado após uma confissão por fraude fiscal. Os primos agora planejaram a restauração para a venda em leilão de carros antigos. Eles não informam quanto pagaram pela coleção.

Corvettes produzidos entre 1953 e 1989 estão sendo restaurados (Foto: NYT)

Corvettes produzidos entre 1953 e 1989 estão sendo restaurados (Foto: NYT)

Leia também:

Fã cria réplica de Corvette modelo 1969 feita de Lego

Corvette Stingray estará no Salão do Automóvel

Os carros mais famosos do cinema

O carro submarino de 007

Harley de ‘Sem Destino’ é vendida por R$ 3,3 milhões

 

Tudo o que sabemos sobre:

Corvette

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.