Morre aos 88 anos executivo que transformou Coca-Cola em ‘marca global’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Morre aos 88 anos executivo que transformou Coca-Cola em ‘marca global’

Presidente da companhia entre 1981 e 1993, Donald Keough faleceu nesta terça-feira em virtude de complicações causadas por uma pneumonia

Economia & Negócios

24 Fevereiro 2015 | 19h05

Presidente da Coca-Cola durante a “guerra da cola” contra a PepsiCo na década de 1980, Donald Keough morreu nesta terça-feira em Atlanta, nos Estados Unidos, aos 88 anos, em virtude de complicações causadas por uma pneumonia. O executivo, que esteve à frente da companhia de 1981 até 1993, é considerado o responsável por ter tornado a Coca-Cola uma empresa global.

Em um memorial postado na internet, o CEO da companhia, Muhtar Kent, afirmou que Keough foi um “talento único” que, com sua visão expansiva, ajudou a fazer da Coca-Cola “uma marca verdadeiramente internacional”.

Keough dirigiu a Coca-cola de 1981 até 1993 / Foto: AP

Keough dirigiu a Coca-cola de 1981 até 1993 / Foto: AP

Durante a gestão de Keough, a companhia enfrentou problemas com a introdução da “New Coke”, uma versão mais doce e menos ácida da bebida, que não teve sucesso no mercado. Uma música chamada “Coke Was It (Coca era isso, em tradução livre)”, que satirizava o slogan da companhia “Coke Is It (Coca é isso, em tradução livre)”, chegou a ser popular no rádio, segundo o livro “Secret Formula (Fórmula Secreta, em tradução livre)”, de Frederick Allen.

Diante desse cenário, a companhia interrompeu a produção da New Coke, trazendo de volta a fórmula antiga Coca-Cola. Ao anunciar a volta da versão clássica, em uma coletiva de imprensa na época, Keough destacou que a repercussão em torno da New Coke acabou mostrando a “paixão” que as pessoas tinham pela bebida.

“Alguns críticos vão dizer que Coca-Cola cometeu um erro de marketing. Alguns cínicos vão dizer que planejamos isso tudo. A verdade é que nós não somos tão tolos, nem tão inteligentes assim”, disse Keough, segundo o “Secret Formula”.

Depois da aposentadoria em 1993, Keough ainda permaneceu próximo à companhia, sendo conselheiro de 2004 até 2013. O executivo também atuou no conselho de outras grandes empresas, como McDonald’s. / COM AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

Mais conteúdo sobre:

Coca-Cola;Donald Keough