Maior e mais rápida montanha russa do mundo atinge 150 quilômetros por hora
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Maior e mais rápida montanha russa do mundo atinge 150 quilômetros por hora

Atração inaugurada nos Estados Unidos leva passageiros a 98 metros, equivalente a um prédio de 30 andares, e desce em seguida em um ângulo de 81 graus

Economia & Negócios

28 de março de 2015 | 15h20

Fúria: 150 quilômetros por hoje e descida de 80 graus (Foto: EFE)

Fúria: 150 quilômetros por hoje e descida de 80 graus (Foto: EFE)

Um parque de diversões na Carolina do Sul, nos Estados Unidos, abriu neste sábado, 28, a montanha russa mais alta e mais rápida do mundo, chamada de Fury (Fúria). O brinquedo atinge até 150 quilômetros por hora.

O complexo recreativo Carowinds funciona desde 1973 perto da fronteira com a Carolina do Norte, no sudeste dos Estados Unidos.

A nova atração tem vagões com capacidade para 32 pessoas e tem trilhos que simulam um voo de uma vespa, durante o trajeto de quase dois quilômetros percorrido em 25 segundos.

Fúria: 150 quilômetros por hoje e descida de 80 graus (Foto: EFE)

Fúria: 150 quilômetros por hoje e descida de 80 graus (Foto: EFE)

Os passageiros sobem a uma altura de 98 metros, equivalente a um prédio de 30 andares, descendo em seguida em um ângulo de 81 graus, após percorrerem uma série de curvas e montanhas com transições de direção muito rápidas e velocidade de até 150 quilômetros por hora.

A nova atração custou US$ 50 milhões e foi desenhada pela fábrica suíça Bolliger e Mabillard (B&M), líder do setor e que já desenhou outras montanhas russas do parque. Ao menos 50 pessoas participaram do desenho do brinquedo, feito com 2,7 mil toneladas de aço em uma obra que durou oito meses.

 

Mais conteúdo sobre:

Montanha russa