Mega-Sena vai pagar metade do valor que o ex-gerente da Petrobrás vai devolver
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Mega-Sena vai pagar metade do valor que o ex-gerente da Petrobrás vai devolver

O prêmio a ser apago aos acertadores do concurso 1.655 é de R$ 135 milhões, valor mais alto da história entre os concursos regulares das Loterias da Caixa Econômica Federal

Economia & Negócios

22 de novembro de 2014 | 15h49

Apostadores em lotérica de São Paulo: prêmio recorde da Mega-Sena (Foto: Rafael Belzunces/Frame)

Apostadores em lotérica de São Paulo: prêmio recorde da Mega-Sena (Foto: Rafael Belzunces/Frame)

SÃO PAULO – O prêmio que a Mega-Sena sorteou neste sábado,22, no valor recorde de R$ 135 milhões, equivale equivale a mais da metade do total que o ex-gerente-executivo da Diretoria de Serviços da Petrobras Pedro Barusco vai devolver após ser indiciado na operação Lava Jato da Polícia Federal.

Os números sorteados foram: 07 – 24 – 28 – 46 – 53- 56

O ex-gerente envolvido na cobrança de propina de fornecedores vai devolver US$ 100 milhões, além de contar o que sabe sobre o esquema na estatal. O valor equivale a R$ 250 milhões.

O prêmio a ser pago a dois acertadores do concurso 1.655  é o mais alto da história entre os concursos regulares das Loterias da Caixa Econômica Federal.

O sorteio foi realizado neste sábado, no ‘Caminhão da Sorte’ da Caixa que está na cidade de Macatuba (SP).

Caso o valor fosse aplicado integralmente na Poupança da Caixa, o rendimento seria de R$ 822 mil por mês, o equivalente a R$ 27,4 mil por dia. O valor daria para comprar 38 imóveis no valor de R$ 3,5 milhões cada um ou ainda para comprar uma frota de 900 carros de luxo.

 

Tudo o que sabemos sobre:

CaixaCEFLoteria

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.