portfólio

E-Investidor: qual o melhor investimento para 2020?

Água, comece a economizar

Estadão

19 de março de 2009 | 18h37

Estamos na semana da água, que antecede o Dia Mundial da Água, no domingo (dia 22) celebrado em todo o mundo como um dia de reflexão sobre este recurso natural tão importante para a vida. Muita gente ainda não se deu conta de que a água é um recurso finito. Como assim, a água acaba?
E como acaba! A água potável representa menos de 3% de toda a água do planeta e com o atual ritmo com que é poluída, logo vai sobrar menos ainda para consumo de pessoas e animais, além da agricultura e produção da indústria. A água é parte importante de inúmeros processos industriais.
Há quase 15 anos , em 1995, um relatório do Banco Mundial já alertava para o fato de que “as guerras do próximo século ocorrerão por causa de água, não por causa do petróleo ou política”. O perigo é maior entre nações que vivem escassez e compartilham o uso de rios e lagos.
Segundo Bruno Riesen, chefe de campanha da seção suíça da Anistia Internacional, “a água teve um papel determinante em 37 guerras nos últimos 60 anos. Até 2025, faltará água para dois terços da população mundial. Não há dúvida de que os conflitos do século 21 serão sobre as matérias-primas, a começar pela água que será rara em toda parte”.
Apesar de 75% da superfície do planeta ser coberta por água, a água doce representa menos que 3% desse total. Apenas um terço da água doce de rios, lagos, lençóis freáticos superficiais e atmosfera é acessível. O restante está concentrado em geleiras, calotas polares e lençóis freáticos profundos.
Além disso, custa caro tratar essa água para que possa ser usada.
Mas porque estou dizendo tudo isso? Porque a água é um bem público, ou seja, de todo mundo, mas o cuidado com esse recurso finito deve ser de cada um. Além disso, economizar água faz bem ao bolso.
Para saber mais:
http://www.pura.poli.usp.br/dicas.htm

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.