coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Passagens garimpadas

Denise Juliani

06 de fevereiro de 2009 | 19h08

Vários leitores tentaram encontrar os preços baixos das passagens da Azul no site da empresa e não encontraram promoções tão atrativas como a comentada no post anterior. De fato, na página inicial da Azul aparecem vários destinos com preços interessantes, mas quando você tenta comprar as passagens não encontra.
Segundo informações da Azul, os preços promocionais valem para alguns horários e datas menos procurados. E quanto maior a distância entre a compra e o dia do embarque, melhores as condições de compra. Ora, isso já acontece em todas companhias, mas eles dizem que seus preços são melhores que os da concorrência. Não existe milagre, o consumidor precisa ter tempo e paciência para garimpar nos sites. Até porque, a TAM e a Gol estão com preços promocionais pelo menos até o dia 25 partindo de Campinas. Para o carnaval, as três informam que os preços serão mais altos. Normal, a demanda aumenta, os preços sobem.
O leitor Mateus observou que para comparar com o ônibus precisa incluir as taxas de embarque. É isso mesmo, a taxa de embarque – entre R$ 15 e R$ 20 – acaba encarecendo o preço da passagem. Para trechos mais curtos, como SP-Curitiba, achei por R$ 233,04 (ida e volta, mais taxa de embarque) se a partida for dia 10 e a volta no dia 13. Uma passagem de ônibus leito para Curitiba, partindo de São Paulo (capital) custa R$ 110,00. Ida e volta: R$ 220,00.
Para trechos mais longos, a diferença de preço pode ser mais atrativa. Achei no site uma passagem ida e volta Campinas – Salvador pela Azul por R$ 303,04, isso para o dia 17 de março (ida) e 27 de março (volta). Cerca de 4 horas (uma hora até Campinas, com transporte grátis da companhia). De ônibus ida e volta saem por R$ 498,00 mais 30 horas de ônibus. Se encontrar passagem mais barata pela TAM e Gol (nesta última, achei ida e volta por R$ 158, de Campinas, sem taxa de embarque), precisa acrescentar R$ 36 do ônibus SP-Campinas (ida e volta)
Mais uma vez, a intenção é mostrar ao leitor as oportunidades, sem importar qual companhia está oferecendo o voo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: