Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Dívida até R$ 60 não “suja” o nome

Denise Juliani

20 de maio de 2009 | 21h50

Quem tem dívidas com parcelas de até R$ 60 não entrará no cadastro negativo de inadimplentes, de acordo com o projeto de lei 2.798/03, que estava anexado ao projeto que cria o cadastro positivo de consumidores, aprovado na terça-feira pela Câmara dos Deputados, relata a repórter Luciele Veluto, do Jornal da Tarde. “A medida é voltada para pessoas de baixa renda, que precisam de crédito”, comenta o relator do projeto deputado federal Maurício Rands (PT-PE).
De acordo com o texto, as dívidas de contas de luz, água, gás e telefone não poderão ser incluídas no cadastro negativo, mas podem contar pontos na lista positiva para quem estiver em dia. “Quem deve já é punido com o corte do serviço”, diz Rands. Atualmente, as dívidas com as empresas de serviços básicos tem o nome incluído na lista de devedores do Serasa ou do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.