Presente de última hora? Haja paciência

Denise Juliani

20 de dezembro de 2009 | 21h36

A quatro dias do Natal, mesmo os mais organizados podem descobrir que ainda falta comprar alguma coisa. A correria inevitável deste período se acentua quanto mais próxima está a data da festa e o conselho dos lojistas para enfrentar as longas filas é paciência, como mostra reportagem de Luciele Veluto do Jornal da Tarde desta segunda-feira, 21/12/09.
Quem quer evitar o tumulto deve preferir o período de manhã, de preferência a primeira hora de funcionamento das lojas e centros comerciais. “Mesmo assim, quanto mais perto do Natal, mais difícil será fugir da aglomeração e da disputa por produtos. O jeito é ir para o shopping logo pela manhã desta segunda-feira. Nas demais horas e nos próximos dias, é melhor ter paciência”, afirma Luís Augusto Ildefonso da Silva, diretor de relações internacionais da Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.