coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Tarifas mais baixas no Unibanco

Denise Juliani

19 de fevereiro de 2009 | 22h03

A fusão entre Itaú e Unibanco já deve começar a mexer com a vida econômica dos correntistas. Aqueles que têm conta no Unibanco, por exemplo, poderão sair ganhando com a redução das principais tarifas, uma vez que o Itaú tem , em geral, taxas mais baixas. O Banco Central determinou que durante um ano vale a tarifa menos entre as duas instituições. Mas isso é para os serviços essenciais, aqueles imprescindíveis para que o cliente possa movimentar sua conta. Entram consulta de extratos e saques,por exemplo. Outras operações bastante comuns, como saque e a solicitação da segunda via do cartão de débito, também deverão ficar mais baratas para os correntistas do Unibanco. Os bancos informaram que farão o alinhamento das tarifas a partir do dia 1º de março.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: