Ranking: As 10 empresas que pagam maior proporção de dividendos

Ranking: As 10 empresas que pagam maior proporção de dividendos

Sílvio Guedes Crespo

24 Abril 2018 | 10h56

Pensando nas pessoas que buscam rendimentos maiores que o das aplicações de baixo risco, este blog passa a publicar, bimestralmente, o ranking completo das empresas que pagam mais dividendos, proporcionalmente ao preço da ação. Os dividendos são o dinheiro que as empresas distribuem aos acionistas.

O levantamento é elaborado pela Suno Research, em parceria com o blog Dinheiro pra Viver.

Nos últimos 12 meses, o valor que a Cyrela Commercial Properties pagou em dividendos aos acionistas equivale a 26,98% do preço atual das suas ações, de acordo com o levantamento. Isso significa que, se você investir, digamos, R$ 10 mil em ações da companhia hoje, e se ela continuar remunerando os acionistas nesse ritmo, a tendência seria você receber R$ 2.698 em dividendos nos próximos 12 meses.

Porém, é preciso saber que não há garantia nenhuma de que as empresas continuarão pagando dividendos no mesmo ritmo nos próximos meses ou anos.

Por isso, acrescentamos na tabela abaixo a coluna “Distribuiu mais do que lucrou?”. Se uma empresa distribuiu dividendos acima do próprio lucro significa que provavelmente ela não continuará remunerando os acionistas nesse ritmo por muito tempo.

Veja abaixo as 10 companhias com maior dividend yield no momento.

Esses números servem de referência para começar a escolher em quais ações investir, mas não podem ser usados como único critério, de acordo com Tiago Reis, CEO da Suno Research e autor do levantamento.

“Os dividendos não podem ser analisados isoladamente. É preciso entender como a renda da empresa foi gerada. Não é raro encontrar empresas que pagam mais dividendos do que geraram de lucro. Geralmente, esta é uma situação insustentável. É preciso fazer uma analise do lucro e do fluxo de caixa da empresa para saber a sustentabilidade do dividendo. Quem busca investir em empresas de dividendos deve selecionar empresas que distribuam menos do que lucram”, afirma Reis.

Ele é autor também de um guia de dividendos para quem deseja se aprofundar.

Por outro lado, o fato de a empresa ter distribuído dividendos acima do lucro gerado não é, necessariamente, sinal de que a ação não tem potencial. Por exemplo, a Unipar fez uma distribuição atípica de dividendos aos seus acionistas, mas “a empresa é extremamente saudável e geradora de caixa”, de acordo com Reis. “Essa distribuição é superior à capacidade atual de geração de caixa da empresa, e os dividendos devem ser menores em 2018, mas ainda serão em patamares bons comparados com outras empresas da bolsa”, afirma o autor.

Esta tabela mostra apenas as 10 empresas com maior dividend yield. É possível baixar a lista completa (clicando aqui) que mostra o retorno em dividendos de mais de 300 ações.