Veja perfil procurado pelo MBA brasileiro entre ‘top 100’ no mundo

Fernando Scheller

01 de fevereiro de 2012 | 19h30

Listado entre os cem melhores cursos de MBA do mundo do jornal “Financial Times”, o curso do Coppead, instituto de administração da UFRJ, tem a vantagem de ser gratuito. Mas a “peneira” para entrar é fina: são entre 40 e 50 vagas por ano, com concorrência de cinco inscrições para cada aprovação. Além disso, por ser um curso de período integral com duração de dois anos, o aluno terá de ficar pelo menos 18 meses sem trabalhar (uma das condições para ser aceito é concordar com o regime de dedicação exclusiva).

O objetivo, segundo a coordenadora do curso, Denise Fleck, é que a turma tenha uma boa cultura geral. “Nós temos entre 40 e 50 vagas todos os anos, e não exigimos conhecimento prévio em administração. É o profissional de perfil generalista que vai mais tarde ocupar a posição principal de uma organização. É preciso que a pessoa seja sensível às diferentes áreas”, explica Denise.

Entre as disciplinas do curso estão matemática financeira, estatística, linguagem e argumentação, marketing e comportamento organizacional. A concepção das aulas, segundo ex-alunos ouvidos pelo ‘Sua Chance’, leva em consideração tanto a importância do conhecimento teórico quanto as últimas tendências em gestão do mercado. O objetivo é que o aluno, após o curso, esteja preparado para trabalhar em diferentes áreas, podendo fazer uma migração de carreira.

As aulas do ano letivo de 2012 começaram no último dia 30. O edital para a turma de 2013 geralmente é lançado no meio do ano (as inscrições normalmente ocorrem entre julho e setembro). Para poder concorrer a uma vaga, o candidato tem que realizar um teste da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração (Anpad). Os melhores classificados são convocados para provas discursivas de português, inglês e métodos quantitativos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.