Força e determinação: o remédio  da Farmácia Artesanal para crescer

Força e determinação: o remédio da Farmácia Artesanal para crescer

Rede iniciada há 37 anos é impulsionada pela personalidade empreendedora do seu fundador

Claudio Marques

16 Julho 2018 | 07h24

Unidade da Farmácia Artesanal. Foto: Marketing / Farmácia Artesanal

Fundada há 37 anos em Goiânia, a Farmácia Artesanal tornou-se uma rede de manipulação de medicamentos com 22 unidades próprias e mais 25 franqueadas, com atuação voltada principalmente para a região Centro-Oeste. Em 2017, faturou R$ 70 milhões e para este ano, a previsão é aumentar 17%.

Por trás do empreendimento está o paranaense Evandro Tokarski, de 63 anos. Ele acredita que, assim como no basquete, uma de suas paixões, “não há bola perdida”, no jogo dos negócios não há cliente perdido. A imagem esportiva ilustra a ideia de que é preciso ser perseverante, “é preciso correr atrás do cliente”, e sempre se esforçar não só para reverter “um ponto perdido”, mas para permanecer confiante em meio a dificuldades e desafios.

Tokarski sabe do que fala: esforço e determinação são aspectos importantes na vida do empresário. Um dos 11 filhos de uma família humilde, foi diagnosticado com paralisia infantil aos 2 anos de idade. Cresceu e a paixão pelo basquete o levou a praticar o jogo em cadeira de rodas. Participou da equipe brasileira que em 1988 disputou a paralimpíada, na Coreia do Sul.

Ao mesmo tempo, Tokarski acredita que o fato de precisar ir com frequência a clínicas e a consultas médicas embalaram seu sonho de trabalhar na área da saúde. “Por fim, escolhi farmácia.”

Evandro Tokarski. Foto: Marketing / Farmácia Artesanal

A graduação na disciplina ocorreu em Goiânia, para onde a família havia se mudado. Na época da faculdade, um de seus irmãos já tinha uma farmácia de manipulação em Brasília, e ele ia para lá sempre que podia. “Fiz estágios com ele e cada dia me apaixonei mais pela possibilidade de fazer medicação de forma personalizada.”

Em 1981, montou a Farmácia Artesanal com ajuda do irmão. A preocupação com a continuidade do empreendimento o levou a buscar conhecimento (frequentou cursos de gestão, de gestão de pessoas, fez pós graduação em marketing na Fundação Getúlio Vargas, entre outros) e a investir em consultorias. Ele também diz que as crises vividas ao longo desses 37 anos foram uma escola.

Ao mesmo tempo, afirma, sempre teve um comportamento “pés no chão” em termos administrativos e financeiros. Tokarski acrescenta mais um ingrediente a sua receita empreendedora: trabalho duro.

Quantos dias, meses e anos trabalhando, 14, 15, 16 horas”, recorda o empresário. Ele também diz que o basquete o ajudou a aprender a trabalhar em equipe e conta que agora pratica ioga e meditação.

Em 2013, depois de dois anos de estudos, a Farmácia Artesanal tornou-se franqueadora. E uma de suas estratégias de expansão é atrair para a rede pequenos negócios do ramo, que têm dificuldade para investir em marketing ou em um trabalho científico para enfrentar as grandes do setor. Mais da metade dos franqueados tem esse perfil.

Em 2017, as franquias cresceram 30% sobre o ano anterior e planejamento é chegar a 50 unidades em dois anos. O investimento para se tornar um franqueado varia de R$ 180 mil, se for conversão de uma empresa que já atua no setor, a R$ 400 mil. “O retorno se dá entre o 24º ao 28º mês”, diz.

Mais conteúdo sobre:

franqueadoraexpansão