O especialista responde

Claudio Marques

12 de agosto de 2013 | 08h10

‘Quais são os erros comuns na hora de mudar de ponto comercial?’

Durante o ciclo de vida de uma empresa, o empreendedor toma muitas decisões baseadas nas condições financeiras e econômicas do negócio e também com base em fatores externos como, tendências de mercado regional e análise do setor. Uma decisão relevante que tem preocupado muitos empresários é uma possível desocupação do estabelecimento forçando a mudança do ponto comercial atual.
Dessa maneira, o empresário deve ficar atento para não cometer alguns erros na escolha de um novo ponto comercial. Os mais comuns são: não conhecer a realidade da região em que vai instalar a estrutura da empresa (fluxo de pessoas, classes sociais, costumes locais, localização); não definir uma logística para suprimentos de recursos materiais; não ter uma localização favorável (prejudica a imagem do empreendimento e o acesso do consumidor); não ter vias de acessibilidade para pessoas especiais, “desconfigurar” o layout estratégico previsto no planejamento inicial do negócio, perdendo o padrão da identidade da marca (não passando efetivamente a mensagem estratégica) e escassez de capital para manter o empreendimento no novo local.
Portanto, vale destacar que antes da mudança do ponto comercial é necessário realizar, a partir do planejamento, uma análise de viabilidade mercadológica e financeira que envolva pesquisa de mercado local e estudo de aceitabilidade do consumidor em relação ao produto ou serviço oferecido.
Assim, o empresário terá uma noção maior quanto a escolha do novo ponto comercial e, dessa maneira, tomar decisões mais precisas com previsões de retorno calculado.

Fabiano Nagamatsu, consultor do Sebrae-SP

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.