O especialista responde

Claudio Marques

19 de novembro de 2013 | 08h01

‘Fazer balanço no final do ano é importante para o pequeno varejista?’

Sim. Realizar um balanço para avaliação dos resultados obtidos no ano é tarefa básica para empresas de qualquer porte ou ramo de atividade, pois é por meio dele que o empresário poderá avaliar os pontos positivos e negativos em todas as áreas do negócio.
É preciso ter claro que em determinados segmentos, principalmente os que envolvem tecnologia e inovação constante, podem ocorrer um crescimento rápido em termos de faturamento e, consequentemente, na estrutura física do empreendimento e sua abrangência de atuação. Isso significa que o pequeno varejo de hoje pode ser uma grande empresa amanhã.
Lembre-se que o balanço para avaliação dos resultados de sua empresa não se resume apenas a números como vendas e faturamento.
Ele deve basear-se também em informações qualitativas, como por exemplo, motivos de rotatividade e absenteísmo dos funcionários, tipos de reclamações recebidas, imagem da empresa diante dos consumidores, entre outras.
O balanço no final do ano é muito importante para o empreendimento justamente porque nesse momento o empresário tem a oportunidade de avaliar os resultados obtidos e elaborar novas metas para o negócio que deverão ser adotadas no ano que se inicia.
Na hora de fazer o balanço, o empresário deve analisar o que foi projetado como meta no planejamento da empresa para aquele ano, e quais foram os resultados obtidos e apresentados nos controles diários. Assim, o empresário terá condições de entender a evolução ou involução do empreendimento, e poderá elaborar novas estratégias para implantar no próximo período.

Fabiano Nagamatsu, consultor do Sebrae-SP

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.