Correção: IBGE: SP tem 29,6% das entidades sociais

A nota enviada anteriormente contém um erro no texto. A informação correta é que os dados divulgados hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) são relativos a 2006 e não a 2005. Segue o texto corrigido:O Estado de São Paulo reúne 29,6% de todas as Entidades de Assistência Social Privadas sem Fins Lucrativos do País, segundo mostra pesquisa divulgada hoje e realizada pela primeira vez pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.Os estados de São Paulo, Minas Gerais e Paraná tinham, juntos, 55,6% das Entidades de Assistência Social (EAS) brasileira em 2006. Entre as grandes regiões, no Sudeste estavam 51,8% dessas entidades; no Sul 22,6%; no Nordeste 14,8%; no Centro-Oeste 7,4% e no Norte 3,4%.A pesquisa mostra também que, das 16.089 entidades investigadas no primeiro semestre de 2005, 55,7% recebiam algum financiamento público das esferas municipal, estadual ou federal. O financiamento municipal é o que mais se destaca, atingindo 84,9% das entidades que recebem financiamento público, seguido pelo financiamento estadual (39,5%) e federal (40,5%).Além disso, segundo a pesquisa, apesar da maior parte das entidades receber alguma parcela de financiamento público, a maior parte (59,5%) era financiada principalmente por recursos privados (recursos próprios, privados e contribuição voluntária), enquanto 32,6% das entidades tinham nos recursos públicos a principal fonte de financiamento. Ainda de acordo com o levantamento, 2,1% das entidades recebiam primordialmente recursos de outros países; e 5,1% eram financiadas por outros tipos de recursos.

JACQUELINE FARID, Agencia Estado

07 de dezembro de 2007 | 11h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.