finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

13º salário: pagar dívidas é a melhor opção

Com os altos juros cobrados nos financiamentos, principalmente no cartão de crédito e no cheque especial, a melhor opção para o consumidor, quando recebe algum dinheiro extra, como o 13º salário, é pagar suas dívidas. Com certeza, o retorno obtido com investimento indexados às taxas de juros deve ser menor do que qualquer gasto do consumidor com juros nas operações de crédito. Em aplicações em renda variável, como ações e dólar, há possibilidade de rentabilidade superior ao valor referente aos juros nos empréstimos, mas, neste caso, o risco assumido é muito elevado.Além disso, segundo analistas a expectativa é de que as taxas de juros continuem elevadas e existe a possibilidade de novas altas. A decisão do governo de aumentar a parcela do compulsórios nos depósitos a prazo e à vista dos bancos contribui para a pressão sobre as taxas de juros (veja mais informações no link abaixo). Também com o aprofundamento da crise internacional, principalmente na Argentina, uma das opções do Banco Central para conter a escala do dólar seria elevar fortemente as taxas de juros. Isso poderia acontecer em uma situação extrema de instabilidade, segundo analistas. Eles afirmam que, apesar de muito remota, é uma possibilidade que não pode ser descartada e, neste caso, os juros nos empréstimos subiriam ainda mais. Compare as taxasComparando-se os juros praticados pelos bancos no empréstimo pessoal e cheque especial com a rentabilidade dos Certificados de Depósito Bancário (CDB) - uma das formas usadas por bancos na captação de recursos para a oferta de empréstimo - a diferença é muito grande.Em setembro, a média das taxas cobradas pelos bancos no empréstimo pessoal foi de 5,28%. Já no cheque especial, a média dos juros foi de 8,85%. Nas aplicações em CDB, os bancos ofereceram uma rentabilidade nominal de 1,25% para papéis de 30 dias e médias quantias. Um outro investimento em renda fixa, os fundos referenciados DI - que acompanham as taxas de juros -, o ganho bruto foi de 1,33%, projetado a partir de dados da Associação Nacional dos Bancos de Investimento (Anbid). Mesmo levando-se em conta as formas de aplicação em renda variável, nas quais o investidor assume um risco em troca da possibilidade de ganhos superiores, ainda vale mais a pena pagar as dívidas com o dinheiro do 13º salário ao invés de investir os recursos. No mês passado, o dólar, muito procurado em tempos de crise e instabilidade econômica, registrou ganho bruto em torno de 6%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.