3º maior banco do país precisa de mais ajuda

O Estado de S.Paulo

29 de novembro de 2012 | 02h07

O Monte dei Paschi di Siena, terceiro maior banco da Itália, aumentou seu pedido de ajuda estatal em 500 milhões (US$ 646,55 milhões) para até 3,9 bilhões, citando possíveis preocupações de capital por causa das transações financeiras estruturadas passadas. Em comunicado divulgado ontem, o Monte dei Paschi disse que seu conselho aprovou a emissão de títulos especiais para o Tesouro de até 3,9 bilhões até 28 de dezembro. A operação ainda precisa ser aprovada pela Comissão Europeia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.