5 dicas para pilotar com segurança

bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Conteúdo Patrocinado

5 dicas para pilotar com segurança

Instrutor de pilotagem da Honda dá dicas para evitar acidentes

Honda Motos, Media Lab Estadão
Conteúdo de responsabilidade do anunciante

02 de julho de 2020 | 17h13

Com grande parte da população em suas casas, para combater a disseminação do coronavírus, a demanda nos aplicativos de delivery cresceu. Seja para pedir remédio de uso contínuo, lanches, pizzas ou um jantar mais caprichado, muitos têm recorrido aos motoboys, que estão trabalhando, para receber em casa seus pedidos.

Se você é um desses profissionais que está trabalhando com a sua moto nesses tempos de covid-19, uma dica: evite de todas as formas se arriscar nas ruas e sofrer um acidente, afinal não queremos sobrecarregar os hospitais em um momento tão grave como este em que vivemos.

Mesmo com as ruas vazias, a atenção na pilotagem e o cuidado com a sua motocicleta não podem ser negligenciados. Por isso, pensando em sua segurança, elaboramos cinco dicas para você pilotar com segurança.

1 - Pilote equipado

Sempre que sair de moto, seja para fazer entregas ou para ir a algum lugar, use o equipamento de proteção completo. Ele não evita acidentes, mas pode fazer com que um tombo "bobo" tenha consequências menos graves. Use capacete integral, dentro do prazo de validade, e afivelado ao pescoço. Vista jaqueta de motociclismo, com proteções, luvas, calça de tecido resistente e um calçado de cano alto e fechado, ensina Gutenberg Santos Silva, instrutor de pilotagem do Centro Educacional de Trânsito Honda, em Recife (PE).

2 – Cuide de sua ferramenta de trabalho

Na correria desses dias, com muitos pedidos e a chance de faturar uma grana extra, muitos entregadores deixam de lado a manutenção da moto.  Não faça isso, ela é sua ferramenta de trabalho. Lembre-se de calibrar os pneus ao menos uma vez por semana. Ao dar partida na moto, aproveite para verificar o funcionamento de farol, lanterna, luz de freio e piscas. Fique atento também ao intervalo para trocar o óleo do motor e confira o funcionamento dos freios, antes de partir para mais um dia de trampo.

3 - Postura defensiva no trânsito

Ao rodar, respeite as leis de trânsito e os limites de velocidade das vias, afinal as ruas estão mais vazias, mas os radares ainda estão operantes. Além disso, quanto maior a velocidade, maior o risco e menor o tempo de reação no caso de uma emergência. Por isso, mesmo com menos veículos nas ruas, assuma uma postura defensiva.

Como os engarrafamentos diminuíram, não é preciso rodar sempre no corredor entre os carros. "Fique no centro da faixa de rolagem e mantenha distância segura dos outros veículos", ensina Gutenberg. Atenção também aos veículos de grande porte, como caminhões e ônibus que circulam nas ruas.

4 - Semáforo não é corrida

Com menos carros e pessoas nas ruas, às vezes, o entregador pode se sentir tentado a furar o semáforo. Jamais passe na luz vermelha. Além de ser uma infração de trânsito que pode suspender sua carteira de habilitação, pode acabar em um acidente grave. O instrutor de pilotagem da Honda deixa uma dica importante: "Não saia do semáforo como se estivesse em uma corrida. Não tenha pressa, pois muitos acidentes acontecem quando um dos veículos tenta aproveitar a luz amarela".

5 - Veja e seja visto

À noite, o “bicho pega”, com a grande quantidade de pedidos de pizzas e outras refeições, aumentando o trabalho dos entregadores. Por isso, é importante redobrar a atenção na pilotagem noturna. Nesse período, tanto a sua visibilidade como a de outros motoristas e condutores fica prejudicada. Assim, é importante manter o sistema de iluminação de sua moto em ordem, trocando lâmpadas queimadas. Escolha jaquetas que tenham tecido refletivo para ser visto pelos outros motoristas. “Reduza também a velocidade, pois a percepção dos obstáculos à frente fica prejudicada”, conclui o instrutor de pilotagem Gutenberg.  

Acesse Honda Motos e conheça os melhores modelos de motos para os entregadores e motoboys.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Hondamotoboy

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.