62,2% do total mundial está alocado em dólar

Bancos centrais de todo o mundo reduziram a alocação das suas reservas internacionais em euro, libra esterlina e iene no primeiro trimestre e aumentaram a do dólar, segundo dados do Fundo Monetário Internacional (FMI). A participação do dólar passou de US$ 3,72 trilhões para US$ 3,76 trilhões - equivalente a 62,2% do total.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.