Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
De acordo com a Caixa, cerca de R$ 4,7 bilhões do benefício serão disponibilizados nesta semana. Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

70% dos inscritos no CadÚnico vão receber auxílio emergencial, diz Dataprev

Em números, serão 51,4 milhões de cidadãos contemplados com o benefício de R$ 600, que tem duração de três meses

Idiana Tomazelli, O Estado de S.Paulo

13 de abril de 2020 | 21h15

BRASÍLIA - Sete em cada dez pessoas registradas no Cadastro Único de programas sociais serão beneficiadas com o auxílio emergencial de R$ 600 pago pelo governo durante a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus. A informação é da Dataprev, que enviou no último domingo, 12, o resultado da análise à Caixa para o pagamento. Serão 51,4 milhões de cidadãos (70% do total do CadÚnico) contemplados com o benefício, que tem duração de três meses.

Desse contingente, cerca de 9,6 milhões são de inscritos no CadÚnico, mas não beneficiários do Bolsa Família. Esses brasileiros receberão a primeira parcela já nesta semana, e a segunda parcela, no fim de abril. A terceira parcela será paga na última semana de maio.

Ainda segundo a Dataprev, outros 41,8 milhões de beneficiários do Bolsa Família serão contemplados com o auxílio emergencial. O número é maior que a quantidade de famílias no programa porque mais de um integrante pode ser elegível à ajuda temporária.

Os pagamentos aos beneficiários do Bolsa Família serão feitos juntamente com o cronograma do programa, cujos repasses ocorrem na última quinzena do mês.

De acordo com a Caixa, cerca de R$ 4,7 bilhões do benefício serão disponibilizados nesta semana, a 9.426.703 brasileiros que estão no CadÚnico e no Bolsa Família.

Quem se inscreveu por meio do site ou aplicativo para o auxílio emergencial ainda precisará esperar. A Dataprev deve concluir até a próxima terça-feira, 14, o primeiro lote de análises, que inclui mais de 23 milhões de requerimentos feitos até o dia 10 de abril. Em seguida, o resultado será enviado para validação do Ministério da Cidadania.

O governo viu inicialmente um público potencial de 54 milhões de brasileiros, mas só a análise do CadÚnico já preencheu quase que totalmente a expectativa, sem contar a análise dos 34,3 milhões de registrados no site ou aplicativo da Caixa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Caixa afirma que pagará auxílio emergencial a 9,4 milhões de pessoas nesta semana

Até as 19h de segunda-feira, mais de 34 milhões de brasileiros já haviam se cadastrado para receber o benefício

O Estado de S.Paulo

13 de abril de 2020 | 20h04
Atualizado 14 de abril de 2020 | 09h56

BRASÍLIA - A Caixa informou que começará a pagar nesta terça-feira, 14, um novo lote do auxílio emergencial a 9,4 milhões de pessoas que já estavam cadastradas no Cadastro Único (CadÚnico) e a quem já é beneficiário do Bolsa Família. De acordo com o banco estatal, R$ 4,7 bilhões serão depositados.

Para pagar o benefício, vão ser abertas mais de 6,6 milhões de poupanças digitais gratuitamente. 

Segundo a Caixa, o auxílio emergencial foi pago, até o momento, a mais de 2,5 milhões de brasileiros, que receberam juntos R$ 1,5 bilhão. 

Até as 19h desta segunda-feira, 13, mais de 34 milhões de brasileiros já haviam se cadastrado no aplicativo e no site do banco para receber o benefício.

A Caixa informou que há previsão de envio pela Dataprev nesta terça pela manhã de um primeiro lote de informações dos brasileiros que efetuaram o cadastro pelo aplicativo CAIXA | Auxílio Emergencial e pelo site auxilio.caixa.gov.br que cumprem os critérios de elegibilidade do benefício.

Para quem fez o cadastro pelo site ou pelo aplicativo, o banco diz que o pagamento começará a partir da próxima quinta-feira, 16.

Bolsa Família

Aqueles que recebem o Bolsa Família vão receber o crédito do auxílio emergencial automaticamente. Entre o Bolsa Família e o auxílio emergencial, será creditado o benefício de maior valor, para todos que tiverem direito. Nesta semana, 2,7 milhões de beneficiários do Bolsa Família vão receber o auxílio emergencial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.