84,5% das famílias têm contas em dia, diz Fecomércio-RJ

Percentual só é inferior ao de setembro de 2001, quando o nível era de 86,1% dos entrevistados

ALESSANDRA SARAIVA, Agencia Estado

23 de maio de 2008 | 11h28

A maioria das famílias da região metropolitana registrou orçamento equilibrado em abril. A informação é da Fecomércio-RJ, que anunciou nesta sexta-feira, 23, pesquisa sobre o tema. De acordo com a entidade, o percentual de famílias da Região Metropolitana do Rio de Janeiro com o orçamento equilibrado ou superavitário ficou em 84,5% em abril, "o segundo maior da série histórica da Pesquisa de Orçamento Doméstico da Fecomércio-RJ, iniciada em julho de 2000", detalhou a instituição, em comunicado. Ainda segundo o levantamento feito pela organização, o percentual só é inferior ao apurado em setembro de 2001, quando 86,1% dos entrevistados encontravam-se na mesma situação.Na análise da Fecomércio-RJ, esse cenário mais confortável no orçamento familiar provocou também uma redução na inadimplência dos fluminenses tanto em contas fixas quanto em financiamentos. "O porcentual de famílias da Região Metropolitana do Rio de Janeiro inadimplentes em contas regulares no mês passado foi de 22%, o menor para um mês de abril desde o começo da série histórica (também iniciada em julho de 2000). No mesmo período do ano passado, 22,6% dos entrevistados estavam com alguma conta pendente", esclareceu a Fecomércio-RJ, em comunicado.O levantamento abrange universo de 3.149 consumidores pesquisados, entre os dias 15 e 18 de abril.

Tudo o que sabemos sobre:
Rioeconomia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.