9 mil toneladas de carne são recolhidas nos EUA

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) determinou a retirada do mercado norte-americano de 8.500 toneladas de carne bovina produzida pela gigante no setor de alimentos ConAgra Foods. O produto está contamino do pela bactéria E.coli, que pode provocar diarréia hemorrágica e desidratação e levar à morte.Crianças, idosos e pessoas com comprometimento do sistema imunológico são as mais suscetíveis à contaminação. Durante a semana, vários estados norte-americanos, como Washington, Colorado, Flórida e Nebraska, ordenaram a retirada de lotes de carne do mercado por causa de suspeita de contaminação pela bactéria. A USDA disse que a retirada é voluntária e atinge sobra de carne e carne moída fresca e congelada. "A ação está sendo tomada como uma medida preventiva para assegurar a proteção da saúde pública", disse a secretária da USDA, Ann Veneman.Às 15h35 (de Brasília), as ações da ConAgra registravam perda de 6,86% na Bolsa de Nova York.

Agencia Estado,

19 de julho de 2002 | 15h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.