finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

A empresa que não souber usar a internet não vai sobreviver, diz Kiso

Em entrevista ao portal Economia & Negócios, Rafael Kiso, diretor da Focusnetworks, faz uma análise sobre a propaganda através da internet e das mídias sociais 

Leticia Bragaglia, do Economia & Negócios,

16 de fevereiro de 2011 | 11h35

À frente da Focusnetworks,uma agência de publicidade digital criada há mais de dez anos, Rafael Kiso tem experiência de sobra pra falar sobre a importância da internet e das mídias sociais na hora de alavancar os negócios. Segundo ele, as empresas que não souberem conversar com o consumidor através da internet dificilmente vão sobreviver no futuro.

"Hoje em dia o Google é a melhor vitrine para quem quer fazer propaganda na Internet," afirma Kiso.Por conta disso, muitas empresas decidiram simplificar seus sites, já que tecnologias pesadas não eram indexadas pelo buscador." O empresário explica que os banners ainda podem ser uma boa aposta, mas apenas em alguns casos.Veja nos vídeos abaixo a análise de Rafael Kiso sobre o uso da internet e das mídias sociais na propaganda.

vídeo 1 - Internet e redes sociais: uma revolução na propaganda

 

vídeo 2 - O impacto das redes sociais nos negócios

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.