Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Covid-19

Bill Gates tem um plano para levar a cura do coronavírus ao mundo todo

‘A gente aprende a ir se virando como pode’

Mário Santos, de 51 anos, diz que a sua internet é 'a assistente social'

Douglas Gavras, O Estado de S. Paulo

20 de abril de 2020 | 05h00

“A minha internet é a assistente social que dá entrada nos programas sociais para mim e me ajuda a pesquisar o que preciso. Ela me ajudou a entrar com o pedido do benefício de R$ 600 e agora é esperar para ver se esse dinheiro vai chegar mesmo.

Fazia pinturas e pequenos serviços como auxiliar de pedreiro. Quando algum vizinho conseguia um trabalho de reforma em alguma casa, acabava me levando também, para ajudar no serviço. Não era um dinheiro certo, mas a gente acabava se virando.

Nas últimas semanas, o trabalho desapareceu. Com esse vírus por aí, quem é que vai gastar para reformar alguma coisa ou querer ficar recebendo gente de fora em casa? A sorte é que todo mundo por aqui se ajuda bastante, quem consegue ganhar uma coisinha a mais divide com os outros. A gente aprendeu a ir se virando como pode.”

Tudo o que sabemos sobre:
vírus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.