A rede Castorama procura parceiros no Brasil

A rede Castorama está buscando um parceiro no Brasil. A Castorama, que vende material de construção para o varejo, foi comprada em setembro do ano passado pelo grupo inglês Kingfisher - terceira maior rede do mundo nesse segmento, com vendas na casa de 10,7 bilhões de libras. O presidente da Kingfisher, Francis Mackay, disse que a América Latina é uma das prioridades da rede e a busca de um parceiro na áerea financeira ou industrial vai se intensificar a partir de agora para subsidiar o crescimento das operações no País. Hoje, a rede Castorama - que chegou ao Brasil em 1997, abrindo sua primeira loja em Aricanduva, em São Paulo - tem mais duas unidades, uma em Osasco e outra em Santo André. O que lhe permitiu ocupar a quinta posição no ranking das maiores redes de lojas de material de construção do País, com faturamento de R$ 100 milhões em 2002.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.